0

Conheça os melhores tratamentos para combater a acne

Alimentação, hormônios ou idade. Quem tem acne, já ouviu todo o tipo de conselho na hora combatê-la. Por isso, o jornal Daily Mail reuniu alguns especialistas de pele para tirar as dúvidas na hora de tratar ou prevenir cravos e espinhas.

"Semelhante a qualquer condição médica, quanto mais cedo a acne for tratada, mais fácil para curá-la. Há muitos tratamentos eficazes", garante o dermatologista Tapan Patel, da Clínica de Acne do Reino Unido. Confira a seguir.

Chocolate não é vilão
Ao contrário do que muita gente pensa, a alimentação não influencia nas doenças de pele. A acne ocorre principalmente no rosto, pescoço, peito e costas e é causada quando os hormônios masculinos presentes em homens e mulheres produzem excesso de óleos nas glâncias sebáceas da pele.

"A ideia de que o açúcar, chocolate ou alimentos gordurosos podem causar manchas é um absurdo", diz o consultor dermatologista Tim Clayton em Salford Royal Hospital, em Manchester.

Combata o estresse
Segundo especialistas, desequilíbrios hormonais pioram a acne. "Quando você está estressado, as glândulas suprarenais segregam mais hormônios masculinos que estimulam a produção de oleosidade" afirma Clayton. Além disso, o estresse diminui o poder de cicatricação do corpo em até 40%.

O poder dos anticoncepcionais
Pílulas anticoncepcionais podem ser benéficas para a pele de algumas mulheres e, em boa parte dos casos, são tão eficientes quando antibióticos no combate a acne. "Elas impedem a testosterona de estimular as glândulas sebáceas", explica o dermatologista Tamara, da Fundação Britânica de pele.

Consuma Vitamina A
Se você sofre com acne, vale a pena conversar com o seu médico sobre os medicamentos que contém vitamina A, já que eles diminuem o excesso de células mortas da pele.

"A vitamina A acelera as taxas de rotatividade de células, esfolia a pele e diminui o acúmulo de células mortas dentro do folículo, reduzindo a formação de acne", diz Patel.

Cuidado químico
De acordo com consultor dermatologista Edward Seaton, do Hospital Royal Free de Londres, produtos contentos peróxido de benzoíla podem ser altamente eficazes para acne leve a moderada. "Ela introduz oxigênio no poro que destrói acnes, mas precisa ser usada somente em doses baixas. Dosagens mais elevadas podem ser irritantes para a pele", declara o médico.

Tratamentos a laser
Em casos de acne leve e moderada, tratamentos a lazer que diminuem as manchas com um pequeno impulso elétrico, também podem ajudar. "As bactérias da acne produzem substâncias químicas chamadas porfirinas. Quando o laser é aplicado em um determinado poro, as bactérias são destruídas", diz Patel.

Antibióticos ainda funcionam
Converse com seu médico. Em alguns casos, a solução ainda está nos antibióticos. "A tetraciclina, eritromicina, limeciclina e trimetoprim, em forma de comprimido, ainda tem um papel a desempenhar", diz o dermatologista Seaton. Já antibióticos como a clindamicina estão disponíveis em loção ou gel.

Casos graves
Em casos mais graves, comprimidos com isotretinoína retinóide são eficazes no combate a acne. No entanto, esses medicamentos podem causar efeitos colaterais.

"Ele acelera a renovação celular da pele, mas pode deixar os lábios muito secos, dores de cabeça ou articulações doloridas. Acreditamos que também podem afetar substâncias químicas no cérebro. A depressão é uma complicação rara. Mas 90% dos pacientes se sentem muito melhor consigo mesmos, como sua pele melhora", conclui Patel.

Chocolate e alimentos gordurosos não influenciam nas doenças de pele
Chocolate e alimentos gordurosos não influenciam nas doenças de pele
Foto: Thinkstock / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade