0

Benefícios do trigo vermelho

6 nov 2018
07h11
  • separator
  • comentários

O espelta é um tipo de grão fortemente associado ao trigo e, por serem parecidos, contém perfis nutricionais similares e glúten. O espelta é rico em carboidratos e é uma excelente fonte de fibra dietética, contém vitamina B3 e minerais como manganês, potássio, magnésio, fósforo, ferro e zinco. O espelta integral é rico em carboidratos e fibra e, seus efeitos no açúcar sanguíneo são similares ao trigo, no entanto, o espelta refinado tem menos fibra e pode causar um maior pico de açúcar no sangue.

O consumo regular de espelta e outros grãos integrais pode ajudar a proteger contra a obesidade, doença cardíaca e diabetes tipo 2. Por conter glúten não é indicado para pessoas com doença celíaca, sensibilidade ao glúten ou alergia ao trigo. Ele tem também em sua composição carboidratos de cadeia curta chamados de FODMAPs e estes podem provocar sintomas em pessoas com síndrome do intestino irritável. Ele contém ainda ácido fítico, o qual reduz a absorção de minerais e, por isso deve ser deixado de molho ou fermentado para que haja a redução do teor de ácido fítico.

O espelta contém um pouco mais minerais e menos ácido fítico que o trigo e pode ser usado como substituto para outros carboidratos. Pode ser cozido os grãos integrais ou utilizá-lo na forma de farinha ao invés da farinha de trigo. Ainda não está claro se ele apresente benefícios, mas é sempre uma boa ideia escolher grãos integrais ao invés dos refinados.

Referência

https://authoritynutrition.com/what-is-spelt/

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade