PUBLICIDADE

Bariátrica estabiliza nível cognitivo, diz estudo

Estudo revela que a cirurgia bariátrica pode ajudar no longo prazo a estabilizar o nível cognitivo

3 mar 2024 - 07h16
Compartilhar
Exibir comentários

Um estudo realizado pela Universidade de Michigan, nos EUA, descobriu que uma pessoa com obesidade submetida a uma cirurgia bariátrica teve nível cognitivo estável depois de dois anos, indicando resultados positivos em frear o declínio. Quem comenta é o cirurgião do aparelho digestivo Dr. Rodrigo Barbosa, da capital paulista.

"A obesidade pode causar o declínio cognitivo, uma vez que, entre as comorbidades associadas, a diabetes também está associada à piora na cognição. Mas, a boa noticia é que o estudo provou que a pontuação cognitiva foi melhor em pacientes submetidos a cirurgia bariátrica", fala o médico.

Neste estudo foram analisados 87 participantes com idade média de 46,8 anos, sendo 73,6% mulheres e 77% de pele branca. Todos obesos de classe II (com índice de massa corporal de 35 a menos de 40) ou classe III (IMC de 40 ou mais) dos quais, 27,6% também tinham diabetes e 28,8% tomavam medicação para reduzir o nível de glicemia. Desses, 77 passaram por uma cirurgia de manga gástrica e os outros 10, por um bypass gástrico. Antes do estudo foram feitas preliminares  para medir peso, altura, índice de massa corporal (IMC), pressão arterial, nível de lipídios em jejum e HbA1c (medida de glicose no sangue). Também foram medidos QI e as emoções dos pacientes. Já na parte cognitiva, o estudo usou uma padronização conhecida como Toolbox Cognition Battery (NIHTB-CB) do National Institutes of Health (NIH), que mede atenção, função executiva, memória episódica, memória de trabalho e velocidade de processamento. Dois anos depois do início do estudo, um participante apresentou uma mudança na pontuação cognitiva. No começo, ele tinha pontuação de 106. Dois anos após a cirurgia bariátrica, tinha 106,7.

[caption id="attachment_4372" align="alignnone" width="300"]

Bariátrica estabiliza nível cognitivo, diz estudo
Bariátrica estabiliza nível cognitivo, diz estudo
Foto: Sou Mais Bem Estar

©Africa images via Canva.com[/caption]

Dr. Rodrigo explica que mesmo que ainda sejam necessários mais estudos aprofundados no tema, uma outra pesquisa realizada pela Avaliação Longitudinal da Cirurgia Bariátrica (LABS) também mostrou que a cirurgia bariátrica pode melhorar a memória depois de avaliar pacientes que passaram pelo bypass gástrico, enquanto o da Universidade de Michigan misturou procedimentos. "A diferença nas cirurgias pode ter a ver com os resultados distintos, mas já podemos dizer que a desaceleração no declínio cognitivo pode indicar que o procedimento bariátrico tenha relação com isso, entre tantos outros benefícios de perder peso após os procedimentos", afirma.

Fonte: Dr Rodrigo Barbosa | Cirurgião Digestivo sub-especializado em Cirurgia Bariátrica e Coloproctologia do corpo clínico dos hospitais Sírio Libanês e Nove de Julho.  CEO do Instituto Medicina em Foco e coordenador do Canal 'Medicina em Foco' no Youtube https://www.drrodrigobarbosa.med.br/

Sou Mais Bem Estar
Compartilhar
Publicidade
Publicidade