PUBLICIDADE

Aprenda a escolher o protetor solar corretamente

Médico explica quais aspectos você deve levar em consideração na hora de comprar esse tipo de produto

22 ago 2023 - 10h30
Compartilhar
Exibir comentários

A proteção solar é um dos principais passos da rotina de cuidados com a pele. Porém, com tantas opções na prateleira, podem surgir dúvidas sobre como escolher o melhor produto. Segundo o cirurgião plástico Matheus Manica, o mais importante é que o protetor solar atue contra dois tipos de radiação ultravioleta: UVB e UVA.

Busque por embalagens que garantam alta proteção contra UVA
Busque por embalagens que garantam alta proteção contra UVA
Foto: Cast Of Thousands | Shutterstock / Portal EdiCase

A radiação UVA é capaz de penetrar profundamente na pele e está associada ao envelhecimento precoce da pele, rugas, perda de elasticidade e pode contribuir para o desenvolvimento de alguns tipos de câncer de pele. A radiação UVB, por sua vez, é responsável por causar queimaduras solares, bronzeamento, danos no DNA celular e é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de câncer de pele.

O que é fator de proteção (FPS)?

Os raios ultravioletas B (UVB) são mais incidentes no verão, com maior grau de radiação das 10h às 16h. E o que mede a proteção desses raios nos protetores solares é o fator de proteção, marcado pela sigla FPS nos produtos.

"De forma simplificada, o FPS mede quantas vezes o protetor consegue, de fato, proteger a pele. Por exemplo, se você se queima em dois minutos, com fator de proteção 30, levará 30 vezes esse tempo (60 minutos). Para o rosto, o mais indicado são fatores de proteção acima de 50 FPS, prevenindo o envelhecimento facial", afirma Matheus.

O protetor solar deve ser utilizado diariamente
O protetor solar deve ser utilizado diariamente
Foto: Pepper cinema | Shutterstock / Portal EdiCase

Proteção com a radiação UVA

Os raios ultravioletas A (UVA) são incidentes em todas as estações, durante todo o dia e penetram mais fundo na pele, sendo o que mais prejudica a saúde. A proteção contra raios UVA não costuma estar indicada por uma escala nas embalagens. Matheus explica que os melhores protetores são aqueles que indicam proteção contra UVA como "alta" ou "muito alta".

Aspecto sensorial do produto

Outro ponto importante no momento de escolher o protetor solar na hora da compra é o aspecto sensorial, como sensação de toque, cheiro e textura. "O protetor ideal é aquele que você usa. De nada adianta ter um protetor superbom, se você não usa porque ele tem um cheiro ruim ou uma textura que te incomoda", afirma Matheus.

Foque na proteção

O médico ainda complementa que outros ativos como antioxidantes, vitaminas e componentes hidratantes nos protetores solares são secundários e podem ser substituídos por produtos de skincare. Por isso, é importante focar nos parâmetros de proteção solar e na adaptabilidade do produto à sua pele, testando fórmulas que permitam um uso confortável e diário.

Por Clara Barcellos

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade