PUBLICIDADE

3 maneiras como o exercício beneficia a sua mente

Segundo endocrinologista, as atividades físicas têm influência na memória, compreensão de linguagem e execução de tarefas

14 jun 2024 - 12h18
(atualizado em 17/6/2024 às 11h54)
Compartilhar
Exibir comentários

Assim como acontece com a saúde física e mental, a função cognitiva também é beneficiada com a prática regular de atividades físicas.

Veja os efeitos das atividades físicas na função cognitiva
Veja os efeitos das atividades físicas na função cognitiva
Foto: prostooleh/Freepik / Boa Forma

De acordo com diversos estudos feitos ao redor do mundo, os exercícios são capazes de influenciar nas habilidades cognitivas, a exemplo da memória, compreensão da linguagem e execução de tarefas rotineiras, como aponta o endocrinologista Rander Alves, da Clínica Les Peaux. "Além disso, os benefícios estendem-se na melhora do fluxo sanguíneo cerebral, crescimento de novas células cerebrais e redução de inflamações e estresse oxidativo", ressalta o médico.

A seguir, o profissional listou três benefícios importantes da prática de atividades físicas para a função cognitiva. Confira!

Benefícios dos treinos para a função cognitiva

Oxigenação e nutrientes para o cérebro

"O exercício aumenta o fluxo sanguíneo, garantindo uma entrega eficiente de oxigênio e nutrientes essenciais para as células cerebrais", destaca Alves.

Memória e aprendizado

"O exercício aeróbico está relacionado com a formação de novas células cerebrais, especialmente no hipocampo, área vital para memória e aprendizado", ressalta o especialista.

Redução de inflamação e do estresse oxidativo

"O exercício ajuda a reduzir inflamação e estresse oxidativo, processos ligados ao declínio cognitivo e doenças neurodegenerativas", explica o médico.

Dr. Rander ainda ressalta sobre os efeitos positivos no humor, influenciando positivamente a função cognitiva.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade