PUBLICIDADE

Ilha Record chega ao fim com Sato desfilando tendências

9 set 2021 10h41
ver comentários
Publicidade

O reality show Ilha Record, formato próprio da emissora, que já tem a segunda temporada prevista para 2022, chega ao fim nesta quinta-feira (9), com Pyong Lee e Any Borges na disputa pelos R$ 500 mil de prêmio. A vencedora antecipada, porém, é Sabrina Sato, que além de ter mostrado um bom desempenho na condução do programa, desfilou tendências fashion em vários looks usados durante o programa, que estreou dia 26 de julho.

Sabrina Sato
Sabrina Sato
Foto: Reprodução/Instagram/@sabrinasato / Elas no Tapete Vermelho

Assimetria, estampas botânicas, cores vivas, monocromia estão entre as trends que prometem se impor nas próximas temporadas. Separamos6 looks delas para para servir de inspiração.

Floral assimétrico

Na reta final do programa, Sabrina Sato usou vestido longo florido, da marca turca Gul Hurgel, com um ombro à vista e manga comprida do lado oposto, babados delicados laterais e fenda poderosa. Várias tendências num look só.

Plissado

O vestido da marca Cult Gaia é todo plissado, criando uma forma arredondada e orgânica nas mangas, que ganha volume. O formato lembra uma espécie de escudo de proteção. Tendência que vem a partir da pandemia, mesmo com partes o corpo à mostra.

Laranja e amarelo

Os tons fortes e vivos ganham espaço nas tendências pós-pandemia, pois iluminam e conferem aspecto saudável a quem usa. O amarelo e o laranja são cores que ganham terreno no momento. O look de Sabrina, da marca turca Gul Hurgel, também traz a assimetria, em alta no momento. Para completar, sandália amarela com a parte de cima de bolinhas vazadas, da New Bottega.

Shorts e camisa de alfaiataria

A bermuda e os shorts com corte de alfaiataria prometem ficar entre as tendências por muito tempo, numa releitura do que foi muito usado nos anos 1980 e 1990. Sabrina combina os shorts com camisa, em monocromia bege, da grife Andrea Marques. Uma aposta por várias temporadas.

Tricô e floral

O trabalho manual mantém-se forte entre as tendências, também como resultado da pandemia, por conta do conforto e da carga emocional que uma peça feita à mão carrega. Aqui, Sabrina usou vestido da marca Pompones, feito sob encomenda e que demora de 4 a 7 dias para ficar pronto. Completou, com capa da grife italiana Marni, com estampa floral, que entra nas tendências botânicas, também em alta.

Vestido amplo e monocromático

O vestido da grife Carlota Costa traz várias trends numa peça só. O modelo amplo e largo se encaixa no chamado breezy dress, que confere conforto e leveza a quem usa. A monocromia veio para ficar e o verde, puxado para o neon, vai permanecer por muito tempo entre os queridinhos da moda.

Elas no Tapete Vermelho
Publicidade
Publicidade