Saiba como organizar a caixinha de primeiros socorros

Itens de cuidados pessoal devem ser armazenados de forma prática

29 dez 2017
08h00

Ter uma caixinha de primeiros socorros organizada é uma questão de segurança e praticidade. Na hora da emergência, fica mais fácil procurar um remédio ou qualquer outro material, como gaze ou algodão. Algumas farmácias vendem esses kits já prontos, mas o bacana de montar o seu próprio é você acrescentar ou retirar os itens que considera mais importantes. Confira algumas dicas para arrumar a sua própria caixinha:

 

Esparadrapos, gaze e pomadas podem ser incluídos no seu estojo de primeiros socorros
Esparadrapos, gaze e pomadas podem ser incluídos no seu estojo de primeiros socorros
Foto: Shutterstock

Onde guardar?
Antes de selecionar o que vai colocar no seu kit, escolha o recipiente. O ideal é que seja uma caixa de plástico duro, não muito pesada e com alças (caso precise ser carregada para algum local), e de coloração transparente, para que fique mais fácil encontrar o que precisa. Outra possibilidade é comprar caixinhas com uma cruz na frente, o símbolo universal para “primeiros socorros”. Se não achar nenhuma dessas opções, cole etiquetas grossas para identificar as caixas.

O que incluir no meu kit?
Os kits de primeiros socorros podem ser bastante variáveis, conforme suas necessidades. Se você costuma acampar com frequência, inclua um repelente, por exemplo. Se pratica esportes, um relaxante muscular pode ser uma boa alternativa. Preparamos uma lista básica para você ter como referência. A partir disso, acrescente o que achar mais importante para o seu dia a dia:
- Luvas
- Soro fisiológico para limpar machucados;
- Solução antisséptica para desinfectar feridas;
- Gazes e esparadrapos;
- Algodão;
- Tesoura sem ponta;
- Band-aids
- Termômetro
- Pomadas para queimaduras e hematomas;

Como armazenar?
As caixas de primeiros socorros precisam ser guardadas em locais de acesso mais restrito em casas com crianças ou idosos (que podem tomar remédios por engano, por exemplo). Nesses casos, deixe esses itens em armários trancados ou em prateleiras mais altas. E tome cuidado para nunca deixar medicação em locais onde as crianças brincam. Sempre que retirar alguma embalagem de remédio da caixinha, guarde-a novamente logo após o uso.

Fonte: CA
publicidade