PUBLICIDADE

Azeite gaúcho tem 71 prêmios internacionais e nacionais; saiba detalhes

Estância das Oliveiras é a primeira produtora de azeite brasileiro a conquistar prêmios em cinco continentes

16 out 2023 - 13h05
(atualizado às 13h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Azeite gaúcho tem 71 prêmios internacionais e nacionais
Azeite gaúcho tem 71 prêmios internacionais e nacionais
Foto: Reprodução/Instagram

Muita gente acha que os azeites de qualidade estão na Espanha, Itália e até Portugal, mas o Brasil possui produtores premiados mundialmente pela qualidade e sabor. A marca Estância das Oliveiras, localizada em Viamão, no Rio Grande do Sul, é uma delas e é a primeira produtora de azeite brasileiro a conquistar prêmios em cinco continentes. 

A empresa possui 71 prêmios, 65 deles foram conquistados em premiações internacionais e nacionais apenas com a safra 2023. Uma das premiações de destaque aconteceu durante o Concurso Mundial TerraOlivo de Israel, em que a empresa foi a única marca de azeites na história da premiação a ser eleita por dois anos consecutivos nas categorias Melhor Azeite do Brasil e entre os dez melhores azeites do mundo.

Em outubro, a marca foi premiada no Australian International Olive Awards e os azeites Frantoio e Los Dos ganharam as medalhas de ouro e prata. Entre outros destaques de prêmios estão também na África no Global Olive International Olive Competition (GIOOC) África-Ásia, onde conquistou cinco medalhas, sendo 4 medalhas de ouro e 1 de prata e no London International Olive Oil Competition (Londres), onde a marca levou seis medalhas: uma medalha platinum, 4 medalhas de ouro e 1 de prata.

História da Estância das Oliveiras

A Estância das Oliveiras nasceu há 18 anos, a partir do sonho do Sr. Lucídio Goelzer de produzir no Rio Grande do Sul um azeite de oliva de excelência. Mas os primeiros frutos demoraram 10 anos para aparecer e foram produzidos azeites para familiares e amigos.

Após muitas pesquisas, a Estância das Oliveiras começou a produzir azeites comercialmente em 2019 e atualmente possui cinco mil Oliveiras de diferentes varietais com colheita feita de forma artesanal e manual. Atualmente, a empresa possui sete rótulos feitos com as variedades koroneiki, frantoio, arbequina e coratina. Junto com o fundador Lucídio Goelzer  o projeto é familiar e conduzido pela esposa Sônia Goelzer e os três filhos do casal: Lucas, Rafael e André.

Os valores dos azeites variam em média de R$ 75 (Blend Exclusivo na embalagem de vidro) a R$ 160 (Signature embalagem na garrrafa de cerâmica Preta).

A Estância das Oliveiras realiza também olivoturismo, com passeios em meio aos olivais, degustação dos azeites e experiências gastronômicas harmonizadas com o azeite de oliva.

“Os principais produtores mundiais de azeites enviam seus melhores produtos para estas premiações, o que eleva a régua da disputa e aumenta a dificuldade em se obter prêmios, fazendo com que os reconhecimentos sejam ainda mais especiais. Nossa agro-indústria brasileira reafirma seu compromisso com a excelência na produção de azeite de oliva e coloca o Brasil no mapa global como um produtor de azeite de classe mundial. Os consumidores podem esperar a mesma qualidade excepcional que conquistou jurados de competições em todo o mundo ao escolherem os azeites da Estância das Oliveiras”, disse Goelzer em entrevista à revista Exame.

Conheça os dez melhores azeites artesanais do Brasil Conheça os dez melhores azeites artesanais do Brasil

Redação Degusta
Compartilhar
Publicidade
Publicidade