PUBLICIDADE

Dica de chef: como e por que comer mais comida caseira 

Entenda os motivos e encontre soluções para uma alimentação mais saudável

8 fev 2024 - 09h56
Compartilhar
Exibir comentários
Feijão caseiro, um dos clássicos da comida brasileira
Feijão caseiro, um dos clássicos da comida brasileira
Foto: iStock

Para quem trabalha fora ou estuda é um verdadeiro desafio fazer as refeições em casa. Seja pela logística ou pela correria, a opção mais fácil é comer na rua. Com o passar do tempo esse hábito pode interferir na saúde, afinal não podemos ter o controle dos alimentos que são usados nas cozinhas por aí. 

É claro que comer em bons estabelecimentos é sempre muito prazeroso e gostoso, mas acontece que nem sempre é assim. 

Quem nunca passou mal por comer fora de casa que atire a primeira pedra. A procedência dos alimentos faz toda diferença quando o assunto é comer saudável, seja a origem da gordura, a higienização ou preparo de tudo. Mesmo com todas as leis e cuidados que os estabelecimentos precisam seguir algo pode sair do esperado e quem acaba sofrendo as consequências é quem consome. 

Para quem tem pouco tempo e busca se alimentar melhor o planejamento alimentar é o caminho. Confira algumas dicas para que você possa se organizar: 

  • 1. Comece preparando uma lista com todas as receitas e comidas que você gosta. 
  • 2. Avalie como será o período do almoço, se é possível aquecer a comida ou se será consumida em temperatura ambiente ou fria. Isso faz toda diferença.
  • 3. Opte por potes térmicos, lancheiras e materiais que mantenham a comida fresca por mais tempo. O recipiente onde armazenamos as refeições influencia na apresentação que essa comida será servida. 
  • 4. Escolha um dia da semana para fazer as compras, organizar e preparar as refeições. Pode parecer trabalhoso, de fato é, mas em um dia você planeja a semana toda. 
  • 5. Congele o que puder congelar como carnes de panela, proteínas já assadas ou refogadas, legumes e vegetais prontos. Quanto mais adiantado o preparo mais rápido será.
  • 6. Para os preparos mais frescos como saladas, basta deixar as folhas higienizadas, os alimentos cortados e envasados. Na hora de montar será mais prático. Leve o molho à parte para manter tudo fresco e crocante. 

O processo de mudança de hábito pode ser desconfortável, encontramos desafios e sair do automático requer disposição, mas é algo que com certeza trará frutos no futuro para sua saúde.

7 benefícios dos sucos funcionais no verão 7 benefícios dos sucos funcionais no verão

Fonte: Giu Giunti - O Melhor Prato
Compartilhar
Publicidade
Publicidade