0

Hambúrguer Cheddar Melt caseiro: aprenda o clássico do Sampa Burger

19 set 2020
07h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Guia da Cozinha - Hambúrguer Cheddar Melt caseiro: aprenda o clássico do Sampa Burger
Guia da Cozinha - Hambúrguer Cheddar Melt caseiro: aprenda o clássico do Sampa Burger
Foto: Guia da Cozinha

Confira as melhores dicas da hamburgueria Sampa Burger para o seu hambúrguer Cheddar Melt caseiro ficar na medida certa

É impossível lembrar de fast food e não pensar no clássico, delicioso e suculento hambúrguer. Feito de diversas formas, este alimento está presente nas refeições de milhares de pessoas ao redor do mundo. Perfeito para comer à tarde, à noite e a salvação das nossas madrugadas fora de casa.

Para te ensinar a fazer um saboroso hambúrguer caseiro, o Gian Mirante, fundador da hamburgueria Sampa Burger, separou uma receita que vai te deixar com água na boca! Estamos falando do famoso Cheddar Mc Melt! Com uma reprodução prática, o Gian ensinará o passo a passo desse clássico, além de apresentar dicas importantes para o seu hambúrguer ficar perfeito!

O Sampa Burger está localizado em duas regiões da zona sul de SP: Moema e Chácara Sto. Antônio. Foi instituído em 2017 pelos irmãos gêmeos Gian e Giulio Mirante. Sua marca registrada são os hambúrgueres temáticos que homenageiam a cidade de São Paulo. Se você não resiste a um incrível hambúrguer assim como nós, veja a receita e as dicas do maravilhoso hambúrguer Cheddar Melt e faça-o a qualquer momento!

Hambúrguer Cheddar Melt caseiro

Tempo: 20 minutos
Rendimento: 4 porções
Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 600g de carne moída de fraldinha
  • 8 fatias de queijo cheddar fatiado
  • Pão de hambúrguer preto ou australiano
  • Manteiga sem sal
  • Sal refinado
  • Pimenta-do-reino
  • 1 Cebola branca ou roxa inteira
  • 1 colher de sopa de Molho de soja (shoyu)
  • ¼ colher de chá de Açúcar mascavo (opcional)
  • Óleo de soja (opcional)

Modo de preparo

Cebola caramelizada

Unte uma frigideira com óleo ou manteiga e ligue-a no fogo baixo. Após aquecido o óleo, coloque na frigideira as cebolas cortadas, de preferência mais fininhas, em toda a extensão da frigideira. Quando a cebola ficar mais transparente (aproximadamente 5 minutos no fogo baixo), coloque o shoyu a gosto (para cada cebola, uma colher de sopa) e açúcar (a gosto, o ideal é até ¼ colher de chá por cebola). Lembre-se que quanto mais açúcar, mais parecido com geleia sua cebola caramelizada ficará e isso também fará com que o hambúrguer puxe o sabor para o doce.

Vá experimentando e veja o ponto ideal, e caso a cebola seque, você pode ir apenas colocando mais um pouco de água (bem pouco) só para que ela não fique queimando no fundo da frigideira. Quando estiver no seu ponto ideal, desligue o fogo e reserve.

Dica: você também pode evitar colocar o shoyu e o açúcar, e ir apenas colocando água conforme a cebola seca, e ir raspando o fundo da frigideira nesses momentos. Entretanto, demora muito mais para a cebola ficar adocicada, ou seja, você terá um sabor mais suave.

Carne de hambúrguer

Assegure que suas mãos estejam limpas e higienizadas. Separe a carne moída em 4 partes iguais para obter 4 porções de 150g. Em seguida, faça bolinhas com a mão em cada uma das 4 porções, para obter 4 bolinhas.

Após isso, bata cada uma das bolinhas de uma mão com a outra ("jogue" a bolinha de uma mão para outra), para tirar o ar e deixar a bolinha mais compacta. Feito isso, amasse-as com a palma das mãos até que ela ganhe a forma de um disco, e tente evitar que ela fique muito disforme na borda. Se possível, utilize um aro para facilitar. O ideal é tentar fazer isso sem manipular tanto a carne. Feito isso, reserve os discos. Tente usar uma altura máxima de um dedo, e, caso demore para realizar a cocção, refrigere para evitar que a carne fique exposta.

Se o seu fogão for mais fraco, evite fazer a carne muito alta, pois pode demorar tempo demais para cozinhar e ela pode perder suculência. Dica:O ideal é que a carne moída tenha os "pontinhos brancos", que são gorduras, numa proporção de até 20% de gordura. Para ter outros sabores sem perder suculência, prefira carnes como acém, peito bovino ou até misturas entre eles, desde que moídas junto. Caso esteja preocupado com a dieta, você também pode substituir carne de fraldinha por patinho, a diferença será um pouco notada no sabor por ter menos gordura

Preparando o hambúrguer

Derreta um pouco de manteiga sem sal no micro-ondas. Unte uma frigideira com manteiga ou óleo de soja em fogo alto, e coloque o hambúrguer. Assegure que ele esteja na maior temperatura possível para que ocorra a Reação de Mailard, em outras palavras, a famosa "crostinha" da carne. Coloque um pouco da manteiga derretida por cima da carne e o sal, que deve ser espalhado por toda a superfície da carne, mas nenhum ponto em excesso.

Quando a carne suar (por volta de 1 minuto e meio à 3 minutos), ou seja, quando estiver com os líquidos visíveis na parte de cima, está na hora de virar. Após virar, coloque a pimenta-do-reino (se tiver inteira e moer na hora, melhor, caso não, use a em pó), espere 30 segundos, coloque 2 fatias de queijo e abafe com a tampa da frigideira ou um abafador que tenha a disposição.

Espere até que o queijo derreta e deixe de abafar. Retire o hambúrguer e deixe-o reservado por aproximadamente um minuto (isso serve para que os líquidos voltem a irrigar toda a carne de maneira uniforme, evitando que pingue demais), e, enquanto isso, você pode chapear o pão com manteiga na mesma frigideira, para que ele fique douradinho como pão na chapa, protegendo-o dos líquidos da carne.

No ponto

Existem 3 pontos de carne, e não há um tempo específico para preparar cada um deles, pois depende da temperatura e da aderência da sua frigideira, mas para que você saiba:

  • Mal passado: carne apenas selada por fora, e crua por dentro. Em alguns casos, dependendo da altura do hambúrguer, pode até ficar gelada.
  • Ao ponto (recomendado): carne selada por fora e levemente cozida por dentro, com um aspecto rosado ou levemente vermelha. Normalmente é o mais suculento.
  • Bem passado: mais sequinha e sem sangue.

Vale ressaltar que os pontos da carne são de gosto pessoal, este preparo ensina a fazer a carne ao ponto. Dependendo da temperatura da sua frigideira, vale a pena esperar mais um pouco caso prefira a mesma sem sangue e sem estar rosada. Em geral, você pode abafá-la desde o princípio da cocção, caso queira bem passada.

Para montar o hambúrguer, pegue um prato ou o recipiente que irá servir, coloque o pão quentinho e selado, coloque a carne descansada na base do pão e em seguida uma porção de cebola caramelizada por cima, feche o pão e pronto!

E se quiser se aventurar na cozinha, combinações com bacon fatiado e relish de pepino são muito bem vindos, pois trazem uma combinação ainda mais marcante. Aí é só abusar da criatividade!

Veja também:

O chef premiado que valoriza peixes considerados menos nobres
Guia da Cozinha
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade