PUBLICIDADE

Marcas causadas por acne podem ser atenuadas em um mês

15 mai 2014 13h01
ver comentários
Publicidade
Marquinhas causadas pelo tratamento inadequado da acne podem ser atenuadas em apenas quatro semanas com a adoção de  cosméticos eficazes
Marquinhas causadas pelo tratamento inadequado da acne podem ser atenuadas em apenas quatro semanas com a adoção de cosméticos eficazes
Foto: Shutterstock

A acne é um problema de pele que acomete muita gente, seja durante a adolescência ou já na idade adulta, deixando marquinhas nada agradáveis no rosto quando tratadas da forma inadequada. Implacáveis, as cicatrizes que surgem ao longo desse processo podem ser atenuadas em apenas quatro semanas.

Para isso, alguns cosméticos especiais precisam ser inseridos no ritual de beleza ao longo. No dia a dia, a dica é optar por um sabonete líquido facial, feito à base de ácido salicílico para esfoliar suavemente o rosto, além de um tônico manipulado com resorcinol para combater a oleosidade na região. Além disso, é fundamental investir no uso de um protetor solar com FPS 50, livre de óleos, para prevenir novas manchas e o fotoenvelhecimento. 

À noite, vale a pena aplicar um produto com peróxido de benzoíla (substância com propriedades antibacterianas), que vai diminuir as bactérias e reduzir as espinhas, e outro com retinol, para desobstruir os poros. “No mercado, existem diversas opções para o tratamento das marcas deixadas pela acne. Apesar de a ação de cada um deles estar atrelada às características de cada paciente, eles levam, em média, quatro semanas para fazer a diferença no espelho”, afirma Lais Rios, dermatologista da rede de estética Douhaus, de Brasília.

Na força-tarefa contra as cicatrizes, procedimentos estéticos como os tradicionais peelings químicos e físicos, os lasers e a luz intensa pulsada também exercem um papel importante. No entanto, precisam ser recomendados por um especialista, após prévia avaliação da pele e das lesões apresentadas.  

Fatores cruciais  
Um dos pontos mais importantes para o resultado positivo do processo de combate às  cicatrizes é não mexer nas lesões que estivarem na pele. Essa ação provoca a inflamação da área, assim como o surgimento de novas marcas e a piora do quadro. 

A consulta com um profissional também é muito necessária, pelo fato de alguns tipos de pele não receberem bem os componentes utilizados. “Muitos pacientes têm a pele tão sensível que não toleram nem as formulações mais suaves. Outros têm reação de dermatite de contato irritativa ao produto manipulado, apresentando coceiras e descamações. Por isso deve-se evitar usar a mesma medicação prescrita para amiga ou para vizinha”, alerta a especialista.

Gestantes, mulheres que estejam amamentando e pessoas alérgicas a algum componente presente nas fórmulas dos cosméticos não devem se submeter a esse tipo e tratamento. Nestes casos, a recomendação é disfarças as cicatrizes com o auxílio da maquiagem. “Uma boa base e um corretivo no tom certo, acompanhados por um pó facial, fazem milagres”, ressalta a médica.

 

Fonte: Agência Hélice
Publicidade
Publicidade