0

Pegar pesado na musculação pode causar varizes nas pernas

29 jul 2014
13h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Causadas por fatores como genética, sobrepeso, fumo, bebidas alcoólicas, sedentarismo e utilização de hormônios femininos e medicações, as varizes também podem estar relacionadas à prática excessiva de musculação</p>
Causadas por fatores como genética, sobrepeso, fumo, bebidas alcoólicas, sedentarismo e utilização de hormônios femininos e medicações, as varizes também podem estar relacionadas à prática excessiva de musculação
Foto: Kzenon / Shutterstock

Presentes nas pernas de boa parte das mulheres , as varizes são veias que dilataram, aumentaram de volume e ficaram tortas. Com coloração avermelhada ou arroxeada, elas aparecem quando o sangue, que não consegue circular corretamente pelo organismo, se acumula e exerce pressão contra as paredes venosas. Entre os causadores desse processo estão a genética, o sobrepeso, o fumo, as bebidas alcoólicas, o sedentarismo e a utilização de hormônios femininos e medicações.

Além de todos esses fatores, especula-se, ainda, que a prática desmedida da musculação na academia também pode ser mais uma das responsáveis pelo incômodo feminino. Se você também tem essa dúvida, confira, a seguir, os esclarecimentos dados pela dermatologista Sara Bragança, membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética (SBME).

Fazer musculação de forma exagerada provoca varizes.
Verdade. Apesar de o sedentarismo ser uma das principais causas das varizes, a musculação também pode facilitar o surgimento do problema, quando realizada de forma desmedida e sem o acompanhamento de um profissional. Isso porque o hábito de prender a respiração para levantar o peso desejado durante os exercícios provoca um aumento da pressão intra-abdominal, que dificulta o retorno venoso ao coração. Dessa forma, parte do sangue que deveria se locomover pelo corpo fica “estacionada”, aumentando a pressão dentro das veias. Essa elevação se transmite para as veias menores e mais superficiais, dando origem às temíveis linhas na pele.

Calça apertada provoca varizes.
Verdade. Além de não ser confortável, ela também comprime a circulação sanguínea, provocando a retenção de líquido, que favorece o aparecimento do problema. 

Saunas e banhos muito quentes interferem na aparência das varizes.
Verdade. O calor gera vasodilatação (processo de dilatação dos vasos sanguíneos através do relaxamento dos músculos dos vasos), que dá um aspecto mais avermelhado às varizes. “As saunas e os banho quentes, no entanto, não agravam a intensidade nem a evolução do problema, mas pioram o aspecto e vermelhidão, pelo calor em contato com a pele”, informa Sara.  

Meia-calça ajuda a amenizar as varizes.
Mito.  A meia-calça comum não possui nenhum elemento que ajude a tratar as varizes. O único modelo capaz de atenuar o problema são as meias-calças elásticas compressoras. “Elas ativam a circulação e, por isso, amenizam o aparecimento de novas varizes”, aponta.

Varizes só aparecem em pessoas mais velhas.
Mito.  Segundo a especialista, a partir da adolescência já é possível visualizar algumas varizes iniciais, porém, o seu surgimento é mais comum após os 30 anos.

Grávidas são mais propensas a desenvolver varizes.  
Verdade. O aparecimento das varizes em grávidas é comum pelo aumento de peso e a alteração hormonal. “Além disso, a barriga comprime o retorno venoso na virilha, favorecendo os edemas”, complementa a médica.

Varizes não tem cura
Mito. O tratamento é multidisciplinar e inclui perda de peso, exercícios físicos, regulação hormonal e, se for necessário, a retirada de agentes causadores externos, como álcool, fumo e medicações. “Na grande maioria das vezes, as varizes muito volumosas precisam de correção cirúrgica. As demais podem ser tratadas com aplicação de laser”, afirma Sara.

PURA VERDADE
Embora ajude a tonificar o corpo, a musculação pode acelerar o surgimento das varizes se for feita de forma desmedida e sem acompanhamento, pois o hábito de prender a respiração para levantar o peso durante os exercícios provoca um aumento da pressão intra-abdominal, dificultando o retorno venoso ao coração e fazendo com que parte do sangue fique “estacionada” nas veias, gerando, assim, as indesejáveis varizes. Calças apertadas também facilitam o surgimento do problema, pelo fato de comprimirem a circulação. Já as saunas e os banhos muito quentes, pioram o aspecto de vermelhidão das linhas. Além disso, devido ao aumento de peso e à alteração hormonal, as gestantes também costumam ser mais suscetíveis ao desenvolvimento das varizes. 

Veja também:

Tender recheado de Natal
Fonte: Agência Hélice
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade