5 eventos ao vivo

Brasileiro faz 12 cirurgias para se tornar 'boneco humano'

Rodrigo Alves gastou cerca de R$ 370 mil na busca pela imagem perfeita, mesmo depois de quase ter morrido por conta de uma complicação após uma intervenção

30 abr 2014
16h42
atualizado em 8/12/2014 às 19h41
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O paulistano Rodrigo Alves vive em Londres e já fez 12 cirurgias para se tornar um "boneco humano". Tudo começou há 10 anos, quando usou uma herança para fazer uma cirurgia plástica no nariz, única parte do corpo que disse odiar. Mas, agora, aos 30 anos, o comissário de bordo está irreconhecível depois de ter gasto £ 100 mil (aproximadamente R$ 377 mil) para fazer mais de uma dezena de intervenções, como lipoaspiração no queixo e implantes no abdômen, pernas e braços. As informações são do site inglês Daily Mail.

Mesmo depois de quase ter morrido recentemente por complicações em uma destas operações realizadas no Brasil, Rodrigo diz que nunca irá parar a busca pelo corpo e rosto perfeitos. "Quando era criança no Brasil eu odiava como eu era. Sou naturalmene uma pessoa sorridente e quando fazia isso meu nariz se esparramava por todo o meu rosto. Minha família sempre dizia: 'de quem você puxou este nariz?'", contou em entrevista ao programa This Morning.

O nariz é um problema recorrente para o comissário. "Comecei operando o nariz, mas não fiquei feliz, então, fiz de novo, mas ainda não estou feliz com ele", disse. No total, foram três cirurgias no nariz, que somam £ 30 mil, uma lipoaspiração no queixo (£ 3 mil), duas operações para ter o "tanquinho" dos sonhos (£ 20 mil), implantes nos braços (£ 7 mil), lipoaspiração nas pernas (£ 6 mil), intervenção na panturrilha (£ 3 mil), botox e preenchimentos (£ 8 mil), implantes no peitoral (£ 10 mil) e lipoaspiração para perda de medidas (£ 7 mil).

Em sua entrevista na TV, o brasileiro apareceu usando lentes de contato pintadas à mão e contou que busca resultados rápidos e eficientes para ser feliz com sua imagem. "Estou tentando melhorar a mim mesmo e corro atrás de resultados. Já frequentei a melhor academia de ginástica da Inglaterra, tive personal trainers, mas nunca funcionou para mim, então, procurei resultados rápidos". Rodrigo admira o boneco Ken, namorado da Barbie, porque é o "homem ideal", mas diz que não pretende imitá-lo, assim como não quer servir de "inspiração" para outros jovens. "Não estou orgulhoso de mim e não encorajo ninguém a fazer o que eu faço". 

Foto: Facebook / Reprodução

No último mês de janeiro, Rodrigo correu sério risco de morte quando uma pequena parte do silicone que implantou nos bíceps, tríceps e ombros vazou e ele teve que drenar litros de fluídos do corpo depois de ficar exageradamente inchado. Os médicos inclusive disseram que um dos braços teria que ser amputado, devido à infeccção, e que, se o fluído tivesse chegado ao coração, ele teria morrido. O brasileiro ficou três semanas internado em um hospital de São Paulo para se recuperar.  "Eu fiquei muito deprimido, apenas rezava e chorava. Foi uma lição para mim, mas eu sempre quero mais", comentou durante a recuperação já cogitando a quarta cirurgia no nariz.

Além das plásticas, Rodrigo toma um coquetel de pílulas diariamente que funcionam para aumentar o colágeno, diminuir a retenção de líquidos e inibir o crescimento de pelos.  Atualmente, Rodrigo recebe tratamento psicológico para tentar controlar o diagnóstico de Síndrome da Distorção da Imagem. "Espero que isso me ajude a parar de mudar a mim mesmo", contou.

 

 

 

Veja também:

Último debate entre Trump e Biden tem tom mais ameno, mas com troca de acusações; veja destaques
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade