Fortes chuvas deixam 11 mortos e rastro de destruição no Rio de Janeiro

15 jan 2024 - 10h45
Compartilhar

Sobe para 11 o número de mortes em função das fortes chuvas no Rio de Janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, as mortes foram provocadas por afogamento, descarga elétrica e soterramentos em diferentes partes da região metropolitana. As áreas mais afetadas e com maior número de vítimas foram a Baixada Fluminense e a Zona Norte da capital; duas pessoas seguem desaparecidas. O temporal, que caiu entre a noite do sábado, 13, e a madrugada do domingo, 14, também alagou e interditou vias importantes, como a Avenida Brasil. Na tarde de domingo, 14, o prefeito Eduardo Paes (PSD) decretou situação de emergência na cidade “devido aos impactos e aos danos provocados pelas chuvas”. Segundo informado pela prefeitura do Rio, foi atingido um recorde histórico de chuvas em uma hora: 120,2 mm.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade