PUBLICIDADE

Temporal no RS: saiba como ajudar e o que doar para as vítimas das enchentes

Governo do Estado divulgou pontos de entregas de doações e chave Pix para doações em dinheiro ao SOS Rio Grande do Sul

3 mai 2024 - 19h09
(atualizado às 22h55)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Saiba como ajudar as vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul, através da doação de itens, sangue ou dinheiro via Pix, além de voluntariado profissional na área da Saúde.
Temporal no Rio Grande do Sul: saiba como ajudar as vítimas
Temporal no Rio Grande do Sul: saiba como ajudar as vítimas
Foto: EDU ANDRADE/FATOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O Rio Grande do Sul vive sua pior catástrofe climática da história recente. Até a tarde desta sexta-feira, 3, ao menos 265 cidades tinham sido afetadas pelas fortes chuvas que atingem o Estado, que também contabilizou 39 mortes, mais de 8 mil pessoas em abrigos, 24 mil desalojados e, ao todo, 351 mil pessoas afetadas pelo temporal.

Equipes de resposta priorizam, em um primeiro momento, o resgate de moradores em áreas de risco, mas o governo estadual já centraliza esforços para auxiliar aqueles que tiveram de deixar suas casas. Em Porto Alegre, por exemplo, a Defesa Civil recebe doações de colchões, cobertores e roupas de cama e banho. 

Há, também, campanhas para doação de sangue e abastacimento do hemocentro da capital gaúcha, volutariado na área da Saúde, para médicos, enfermeiros e outros profissionais, além da disponibilização de uma chave Pix para doações em dinheiro ao SOS Rio Grande do Sul. 

'Situação dramática e absolutamente excepcional', diz Eduardo Leite após rompimento de barragem:

Saiba como ajudar:

  • Doações de itens básicos

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul pediu a doação de itens específicos, já higienizados, como colchões, cobertores e roupas de cama e banho. As doações podem ser entregues no Centro Logístico do órgão estadual, na Avenida Joaquim Porto Villanova, 101, bairro Jardim Carvalho, em Porto Alegre. O telefone para contato é (51) 3210-4255. 

O órgão informou, também, que ainda não estão sendo feitas campanhas de arrecadação de água e alimentos, uma vez que os estoques têm dado conta de atender à demanda da população. 

  • Doações de dinheiro via Pix

O Governo do Rio Grande do Sul reabriu, para moradores de outros Estados ou para quem deseja ajudar de outra forma, o canal de doações para a conta do SOS Rio Grande do Sul. É possível doar por meio de Pix, com a chave de CNPJ 92.958.800/0001-38, para a conta na Associação dos Bancos no Estado do Rio Grande do Sul ou Banco do Estado do Rio Grande do Sul (as duas opções podem aparecer). As doações podem ser feitas às vítimas das enchentes por pessoas físicas ou jurídicas. 

  • Doação de sangue

A Secretaria da Saúde do Estado abriu um chamamento para doações e abastecimento do hemocentro de Porto Alegre. Segundo a pasta, há risco de falta de componentes sanguíneos, como plaquetas e hemácias. Há urgência para todos os tipos de sangue, e os doadores devem se atentar às condições de segurança em alagamentos e inundações. 

É possível doar na Avenida Bento Gonçalves, 3.722, em Porto Alegre. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. No sábado, 4, o hemocentro também estará aberto, das 8h às 12h, para atender 140 doadores. 

  • Voluntariado na Saúde

Profissionais da saúde podem se inscrever no banco de voluntários para atuar nas cidades afetadas pela chuva. É preciso somente indicar a área de interesse e a carga horária disponível. Os convocados poderão atuar em hospitais, unidades de pronto atendimento e outros serviços de saúde. 

A inscrição não garante a convocação e não gera vínculo empregatício com o Estado. É possível conferir a lista de áreas disponíveis no site da Secretaria de Estado de Saúde. 

7 a cada 10 brasileiros já foram impactados por evento extremo associado à mudança climática 7 a cada 10 brasileiros já foram impactados por evento extremo associado à mudança climática

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade