PUBLICIDADE

Temporal no RS: grupo de surfistas de Pedro Scooby encontra jacaré durante resgate em cidade inundada

Grupo de resgate organizado por surfistas atua para retirar pessoas e animais de áreas alagadas na região metropolitana de Porto Alegre

7 mai 2024 - 20h54
(atualizado às 23h44)
Compartilhar
Exibir comentários
Grupo de voluntários avista jacarés em áreas alagadas na região metropolitana de Porto Alegre
Grupo de voluntários avista jacarés em áreas alagadas na região metropolitana de Porto Alegre
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O grupo de surfistas que se uniu para atuar no resgate de pessoas e animais ilhados no Rio Grande do Sul se deparou com um dos perigos trazidos pelas inundações nesta terça-feira, 7. Em Eldorado do Sul, os voluntários relatam ter se deparado com muitos jacarés nadando pelas ruas alagadas. 

Pedro Scooby, Lucas Chumbo, Iankel Noronha e outros surfistas de ondas gigantes viajaram por cerca de 20 horas com destino à região metropolitana de Porto Alegre. O grupo usa equipamentos próprios, incluindo jet-skis, para ajudar no resgate de moradores e animais. 

Mais cedo nesta terça-feira, o líder do grupo de surfistas, conhecido como Quinho, compartilhou relatos de avistamentos de jacarés nas ruas de Eldorado do Sul. A esposa dele, a influenciadora Gretha, publicou as fotos dos répteis e fez alertas para a população. 

"Avisem todos que ainda tiverem contato nas casas. Todos! Precisa evacuar a cidade", escreveu Gretha. Ela também compartilha vídeos de resgates feitos pelo marido e informações sobre doações, abrigos e necessidades da população afetadas pelos temporais. 

O Terra questionou a Defesa Civil sobre o caso, mas não obteve retorno. O espaço segue aberto para manifestação. 

Temporal no RS

Subiu para 95 o número de óbitos registrados em decorrência das enchentes no Rio Grande do Sul, segundo o boletim da Defesa Civil divulgado às 18h desta terça-feira.

Com relação aos desaparecidos, o número permaneceu em 131. Até o momento, há o registro de 1.443.950 pessoas afetadas pelo desastre em 401 municípios. Destes, 48.799 estão em abrigos, 159.036, desalojados, e 372, feridos.

A Defesa Civil investiga ainda a causa de outros quatro óbitos que podem ter relação com as enchentes, nas cidades de Caxias do Sul, Pinhal Grande, Santa Maria e Três Coroas.

Nível dos rios

O governo do Rio Grande do Sul também divulga diariamente, em dois horários, a medição do nível dos rios. A comparação com a medição anterior mostra que o nível da água tem caído muito lentamente.

  • Guaíba - Porto Alegre – 5,22 metros (redução de 0,05 m em comparação com 8h)
  • Sinos - São Leopoldo - 7,12 metros (redução de 0,15 m em comparação com 8h)
  • Gravataí - Passo das Canoas - 6,19 metros (redução de 0,03 m em comparação com 8h)
  • Rio Taquari - Estrela – 15,05 metros (redução de 4,18 m em 24h)
  • Rio Uruguai - Garruchos  – 16,59 metros (redução de 0,44 m em comparação com 8h; nível de inundação é 15 m)
  • Saiba como doar qualquer valor para o Pix oficial do Rio Grande do Sul
  • Imagens de satélite mostram antes e depois de enchente histórica no Rio Grande do Sul:
    Fonte: Redação Terra
    Compartilhar
    Publicidade
    Seu Terra












    Publicidade