PUBLICIDADE

Sobe para 95 número de mortos pelas enchentes no RS; 131 pessoas estão desaparecidas

A Defesa Civil investiga ainda a causa de outros quatro óbitos que podem ter relação com as enchentes

7 mai 2024 - 19h05
(atualizado às 23h58)
Compartilhar
Exibir comentários
Homem atravessa região alagada no Centro Histórico de Porto Alegre, RS
Homem atravessa região alagada no Centro Histórico de Porto Alegre, RS
Foto: DONALDO HADLICH/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

Subiu para 95 o número de óbitos registrados em decorrência das enchentes no Rio Grande do Sul, segundo o boletim da Defesa Civil divulgado às 18h desta terça-feira, 7. São cinco pessoas a mais do que o boletim anterior, divulgado às 12h.

Com relação aos desaparecidos, o número permaneceu em 131. Até o momento, há o registro de 1.443.950 pessoas afetadas pelo desastre em 401 municípios. Destes, 48.799 estão em abrigos, 159.036 estão desalojados, e há 372 feridos.

A Defesa Civil investiga ainda a causa de outros quatro óbitos que podem ter relação com as enchentes, nas cidades de Caxias do Sul, Pinhal Grande, Santa Maria e Três Coroas.

Nível dos rios às 17h

O governo do Rio Grande do Sul também divulga diariamente, em dois horários, a medição do nível dos rios. A comparação com a medição anterior mostra que o nível da água tem caído muito lentamente.

Guaíba - Porto Alegre – 5,22 metros (redução de 0,05 m em comparação com 8h)

Sinos - São Leopoldo - 7,12 metros (redução de 0,15 m em comparação com 8h)

Gravataí - Passo das Canoas - 6,19 metros (redução de 0,03 m em comparação com 8h)

Rio Taquari - Estrela – 15,05 metros (redução de 4,18 m em 24h)

Rio Uruguai - Garruchos  – 16,59 metros (redução de 0,44 m em comparação com 8h; nível de inundação é 15 m)

Imagens de satélite mostram antes e depois de enchente histórica no Rio Grande do Sul:
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade