PUBLICIDADE

Destaques das monções ao redor do mundo

O monitoramento das monções é essencial para prever padrões climáticos, gerenciar recursos hídricos e enfrentar os desafios das mudanças climáticas.

5 dez 2023 - 10h08
Compartilhar
Exibir comentários

por Guilherme Alves Borges - Meteorologista

As monções desempenham um papel crucial em regiões tropicais e subtropicais, fornecendo água vital para agricultura, abastecimento de água e energia hidrelétrica. Essas chuvas sazonais influenciam a economia agrícola, garantindo segurança alimentar e moldando ecossistemas naturais. Além de regular o clima e reduzir temperaturas, as monções têm significativa importância cultural e social, afetando práticas culturais e celebrativas. O monitoramento das monções é essencial para prever padrões climáticos, gerenciar recursos hídricos e enfrentar os desafios das mudanças climáticas, destacando a imensurável relevância desses fenômenos na vida das populações afetadas.

MONÇÕES AFRICANAS

No continente africano, as últimas semanas têm sido marcadas por padrões climáticos diversos, especialmente nas regiões afetadas pelas monções. Na África Oriental, observou-se uma elevada precipitação em áreas da Tanzânia, Burundi, Ruanda, Uganda, Quênia, Somália, Sudão do Sul e Etiópia, enquanto o sudoeste etíope e algumas áreas do Quênia e Uganda registraram índices abaixo da média.

A situação na África Central também apresentou contrastes significativos, com chuvas acima da média em vastas áreas da República Centro-Africana, República Democrática do Congo (RDC), Camarões, Guiné Equatorial e Gabão. No entanto, bolsões no sudoeste da RDC e no centro-oeste do Congo experimentaram precipitação abaixo da média.

Já na África Ocidental, houve uma tendência de chuvas acima da média em partes da Guiné, Serra Leoa, Libéria, Costa do Marfim, Gana, Togo, Benim e sudeste da Nigéria. Esses padrões climáticos refletem a complexidade das monções africanas, influenciadas por diversos fatores geográficos e meteorológicos.

Previsões futuras: Para a próxima semana, as previsões indicam persistência de chuvas intensas em várias regiões, como Guiné Equatorial, Gabão, Congo, RDC, Uganda, Tanzânia, Quênia, Ruanda, Burundi, Angola, África do Sul, Eswatini e Lesoto. Contudo, há uma expectativa de déficit de precipitação em nações como Zâmbia, Botswana, Zimbábue, Malawi, Moçambique, Namíbia, Etiópia, Somália, Quênia, Libéria, Costa do Marfim e Gana.

MONÇÕES ASIÁTICO-AUSTRALIANAS 

Nos últimos 90 dias, a Índia central e sul enfrentou déficits de chuva, enquanto Birmânia, Mar da China Meridional e China experimentaram precipitações acima da média. A Austrália, bem como partes do arquipélago indonésio, testemunharam chuvas abaixo da média.

Situação atual: Nas últimas 30 dias, o sul da Índia peninsular recebeu chuvas ligeiramente acima do normal, contrastando com a normalidade registrada na China, Birmânia e na maior parte do Mar da China Meridional. Filipinas e Indonésia começam a sentir os efeitos negativos do El Niño, enquanto a Austrália manteve chuvas normais, especialmente nas regiões costeiras do norte.

Perspectivas futuras: Para as próximas duas semanas, as previsões indicam chuvas normais a acima do normal no sul da Índia, leste da China e partes do sudeste asiático, enquanto áreas costeiras do norte da Austrália devem enfrentar condições mais secas. Essas previsões sugerem uma continuidade de padrões climáticos diversos na região.

MONÇÕES SUL-AMERICANAS 

No continente sul-americano, a Bacia Amazônica e o Planalto Brasileiro apresentam déficits de precipitação nos últimos 90 dias.

Última semana: Chuvas abaixo da média foram observadas no centro e noroeste do Brasil, leste da Bolívia, norte do Peru, Colômbia e sul da Venezuela, enquanto o sul do Brasil, nordeste da Argentina e sul do Paraguai registraram precipitações acima da média.

Previsões para a semana atual: Expectativa de chuvas abaixo da média para o centro do Brasil, sul do Chile, norte da Colômbia, sudeste da Venezuela, norte da Guiana e partes do norte da Argentina. Por outro lado, prevê-se chuvas acima da média para o sul do Brasil, norte do Peru e sul da Colômbia.

Conclusão: As monções continuam a desempenhar um papel crucial nos padrões climáticos globais, impactando várias regiões de maneiras distintas. As previsões indicam que essa diversidade climática persistirá, exigindo atenção contínua para gerenciar possíveis impactos nas comunidades afetadas. Para dúvidas ou comentários, estamos à disposição, entre em contato através do e-mail climadofuturo@climatempo.com.br.

Climatempo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade