PUBLICIDADE

Médico voluntário que ajudava vítimas de enchentes no RS infarta e é internado na UTI

Profissional do Espírito Santo havia ido ao Rio Grande do Sul por causa do aumento da demanda por profissionais da saúde

27 mai 2024 - 11h41
(atualizado às 12h45)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Médico voluntário infarta durante atendimento às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Profissional capixaba está internado na UTI.
Walter José Roberte Borges está internado na UTI
Walter José Roberte Borges está internado na UTI
Foto: Reprodução/Instagram @daiannyulhoa

Um médico da cidade de Linhares, no Norte do Espírito Santo, sofreu um infarto quando realizava uma cirurgia em Pelotas, no Rio Grande do Sul. Walter José Roberte Borges, de 50 anos, havia ido ao estado gaúcho para ajudar de forma voluntária as vítimas das enchentes que atingem a região desde o final de abril. Agora, ele recebe tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital da cidade.

Borges é morador de Vila Velha e havia ido ao Rio Grande do Sul por causa do aumento da demanda por profissionais da saúde, decorrente das inundações. Em entrevista ao jornal A Gazeta, o cunhado do médico, Herike Assis, contou que, na última segunda-feira, 20, Walter foi encontrado desacordado em um banheiro do Hospital Universitário de Pelotas. Segundo a família, ele não tem histórico de problemas de saúde.

"Ele passou mais de 8 minutos sem oxigenação. Agora foram diagnosticadas algumas lesões cerebrais que indicam estado vegetativo. Ele é rodeado de médicos na família, e eles se juntaram para pedir uma ressonância, até para a família entender o que pode ser feito para melhorar a qualidade de vida nele", afirmou Assis. 

Um outro médico capixaba também infartou neste mês, após ir ao Rio Grande do Sul para realizar atendimento de vítimas das enchentes. Em 13 de maio, o cardiologista Leandro Medice, de 41 anos, foi encontrado morto em um abrigo de São Leopoldo.

Prefeitura oferece ajuda

Através das redes sociais, o prefeito de Linhares, Bruno Marianelli, ofereceu ajuda para levar o médico de volta ao Espírito Santo e continuar o tratamento no estado de origem do profissional. 

"Neste momento triste para a família do médico linharense Walter José Roberte Borges, que sofreu um infarto enquanto prestava serviço voluntário no Sul do país, a Prefeitura de Linhares tem concentrado esforços para tentar diminuir a dor dos familiares, como a intervenção, junto ao governo do Estado, para que seja feita a transferência de Walter para um hospital do Espírito Santo o mais rápido possível. Estamos em oração pela vida do nosso irmão linharense, que nos honrou com seu ato de bravura e amor ao próximo", escreveu no Instagram.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade