PUBLICIDADE

'Delivery de árvore': municípios apostam em iniciativa para aumentar a arborização urbana

Através da praticidade, projeto visa estimular cidadãos a tornar suas cidades mais verdes

18 jun 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Municípios brasileiros criaram o chamado 'Disque-árvore' para incentivar moradores a plantarem árvores na própria cidade, melhorando assim a arborização urbana e estimulando a preservação do meio ambiente. O serviço é gratuito e pode ser solicitado pelos canais oficiais das prefeituras.
Disque-árvore em Goiânia é sucesso desde o lançamento
Disque-árvore em Goiânia é sucesso desde o lançamento
Foto: Divulgação/Amma-GO

Já pensou em pedir uma árvore tão fácil quanto comprar comida por delivery ou solicitar um carro por aplicativo? Em algumas cidades do Brasil, isso é uma realidade. Com o objetivo de melhorar a arborização urbana e estimular a preservação ambiental, municípios como Goiânia, em Goiás, e Salvador, na Bahia, criaram uma espécie de disque-árvore. Porém, apesar de pouco conhecida, a proposta não é novidade.

A iniciativa assumida pelas secretarias municipais de meio ambiente e sustentabilidade é simples. Através de um canal oficial de comunicação, os moradores podem solicitar que uma equipe da prefeitura plante uma muda de árvore próximo ou até mesmo em frente à sua residência. 

Tanta facilidade e praticidade são intencionais. Ao mirar um processo simples e de poucas etapas, os disque-árvores adotados por municípios brasileiros acertam no estímulo aos cidadãos em tornar as áreas urbanas mais verdes.

Como funciona?

Cada vez mais cinzas e banhadas de concreto, muitas cidades brasileiras carecem de arborização. A necessidade é cada vez mais sentida à medida que as ondas de calor estão ainda mais frequentes no País. No entanto, com uma ligação ou uma mensagem de texto, os moradores de algumas cidades brasileiras podem ajudar a aliviar o problema que impacta na qualidade de vida.

Na maioria dos locais que adotaram a iniciativa, o passo a passo é basicamente o mesmo e inclui apenas um contato. Em Goiânia, por exemplo, basta escrever para o número oficial de WhatsApp da Prefeitura e solicitar o plantio gratuito de mudas nativas do Cerrado em calçadas ou residências da capital. 

Confira empresas que buscam o título de 'Carbono Zero' no Brasil Confira empresas que buscam o título de 'Carbono Zero' no Brasil

O cidadão só vai precisar enviar dados pessoais e fotos de sua calçada para que os técnicos da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) avaliem as condições do local e o melhor tipo de muda a ser plantada. A entrega, claro, é por conta do município. O processo é igual ao adotado por Salvador, na Bahia e algumas cidades do estado de São Paulo como Botucatu, Cerquilho e Ibirarema. 

Já em uma cidade do Agreste pernambucano, o passo a passo é distinto. Se um cidadão quiser solicitar o plantio de árvores em Caruaru, ele precisa comparecer pessoalmente à Sementeira Chico Mendes, localizada no Parque Municipal Ambientalista Severino Montenegro, para retirar as mudas de forma gratuita. 

Diferente de outros municípios, a plantação fica por conta do cidadão. A única restrição da Prefeitura de Caruaru é quanto à quantidade de mudas retiradas. Na Zona Urbana, são permitidas apenas duas entregas por CPF. Já na Zona Rural, o número dobra. 

Se quiser conferir se alguma outra cidade conta com o serviço de disque-árvore, o ideal é entrar em contato com as secretarias municipais ou procurar o termo nos sites das prefeituras. 

Como é Santa Cecília, cidade com pior abastecimento de água do País Como é Santa Cecília, cidade com pior abastecimento de água do País

Aposta de sucesso

O projeto é pouco divulgado, mas na capital de Goiás o disque-árvore foi criado em 2021. Passados 3 anos da inauguração, a iniciativa ainda é sucesso. De lá para cá, a Prefeitura de Goiânia já realizou o plantio de 9.407 mudas em calçadas. Só nos seis primeiros meses de 2024, foram 784 exemplares, segundo a Amma.

Na cidade de Botucatu, em São Paulo, a proposta impactou significativamente o relatório final da Secretaria Municipal do Verde. Em 2017, um ano antes de ser implantado, a pasta registrou cerca de 3.200 plantações de mudas no município. Em 2018, ano de inauguração do disque-árvore por lá, foram 16.795, sendo 4.899 originadas somente do projeto.

Caravana da Mata Atlântica, em Salvador, recebeu prêmio
Caravana da Mata Atlântica, em Salvador, recebeu prêmio
Foto: Jeferson Peixoto/Secom Salvador

Além dos números animadores, quem levou até prêmio pela proposta foi a primeira capital do Brasil. Intitulada Caravana da Mata Atlântica, a ação desenvolvida pela Secretaria Municipal de Sustentabilidade e Resiliência (Secis) levou o Prêmio Guangzhou de Inovação Urbana realizado em 2018, na China.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade