0

Tiggo 5X 2021 traz mudanças visuais e nova multimídia

O SUV mais vendido da Caoa Chery ganhou mais conectividade, display de 9" e câmera 360 graus. Mais equipado, ele agora parte de R$ 91.990

21 fev 2020
20h20
  • separator
  • 0
  • comentários

O Caoa Chery Tiggo 5X tem novidades na linha 2021. O carro chinês produzido em Anápolis (GO) ganhou alguns retoques para aprimorar o design externo e mais equipamentos. O SUV agora sai de fábrica com uma nova central multimídia e câmera 360 graus. O veículo estará disponível em toda a rede da marca a partir da próxima semana. O objetivo das mudanças é tornar o carro ainda mais competitivo em seu segmento.

O Tiggo 5X faz sucesso de vendas e ficou mais competitivo na linha 2021.
O Tiggo 5X faz sucesso de vendas e ficou mais competitivo na linha 2021.
Foto: Caoa Chery / Divulgação

A nova central multimídia tem compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay. A tela tátil passa a ter 9” e permite controlar o ar-condicionado, configurar o veículo e acessar o bluetooth. O Tiggo 5X TXS, topo de linha, passa a oferecer também a imagem da câmera 360 graus, que facilita as manobras de estacionamento. O carro continua sendo vendido em duas versões, a T por R$ 91.990 (aumento de R$ 2.000) e a TXS por R$ 102.990 (aumento de R$ 4.000).

Externamente, o Caoa Chery Tiggo 5X ganhou as mesmas atualizações de design adotadas nos outros mercados globais. Com a mudança, o SUV chinês passa a contar com nova desenho na parte frontal, com destaque para os novos faróis e novos DRL. Na traseira, o Tiggo 5X ganhou novas lanternas e nova moldura cromada na tampa do porta-malas. “Essas atualizações são resultado do investimento constante da Caoa Chery em ouvir seus consumidores e entregar ao mercado brasileiro produtos que tenham identificação com os clientes locais”, disse Marcio Alfonso, CEO da Caoa Chery.

O modelo chinês é o mais vendido entre os SUV da Caoa Chery.
O modelo chinês é o mais vendido entre os SUV da Caoa Chery.
Foto: Caoa Chery / Divulgação

O Tiggo 5X é o que mais cresce dentro da família de SUVs da Caoa Chery. No ano passado, mesmo sem ter vendas durante o ano inteiro, foi o mais vendido, com 7.971 emplacamentos, contra 6.250 do Tiggo 2 e 2.174 do Tiggo 7. Posicionado como modelo intermediário da família o Tiggo 5X no início de 2020 seu bom desempenho. Nas vendas dos primeiros 50 dias do ano, o Tiggo 5x já aparece com 1.505 emplacamentos, à frente de modelos tradicionais como o Toyota SW4 e o Peugeot 2008. Da mesma forma, os outros SUVs da família mantém as posições: o Tiggo 2 vendeu 836 unidades e o Tiggo 7 teve 400 licenciamentos. Ambos aparecem à frente de modelos como Hyundai ix35, JAC T40 e T50, Peugeot 3008, Mitsubishi Pajero, BMW X1 e Chevrolet Trailblazer.

O carro utiliza a plataforma modular T1X desde que começou a ser produzido no Brasil. O Tiggo5X conta com airbag duplo frontal nas duas versões (T e TXS), além de cinto de segurança de três pontos para os cinco ocupantes, isofix, indicador de cinto do motorista e do passageiro, monitoramento de pressão e temperatura dos pneus e freio de estacionamento elétrico-eletrônico com sistema Auto Hold. Na versão topo de linha há também airbags laterais e de cortina, controle de tração/estabilidade e freios a disco nas quatro rodas. A suspensão independente nas quatro rodas completa o pacote. Outros equipamentos de destaque são o banco do motorista com ajuste lombar e o teto solar panorâmico.

A nova central multimídia tem display de 9" e câmera 360 graus para facilitar as manobras de estacionamento.
A nova central multimídia tem display de 9" e câmera 360 graus para facilitar as manobras de estacionamento.
Foto: Caoa Chery / Divulgação

O motor é 1.5 furbo flex de 147/150 cv (gasolina/etanol) e 210 Nm de torque. O câmbio é automático de seis marchas com dupla embreagem de seis velocidades. A Caoa Chery oferece garantia de três anos para o veículo completo e de cinco anos para motor e câmbio.

Veja também:

Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade