0

Renault fará inédito Kwid Sedan na Índia a partir de 2021

Com o pequeno hatch dominando 60% das vendas, marca francesa pretende apostar também num sedã com menos de 4 metros, segundo site indiano

25 mai 2020
13h05
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Renault LBA: assim seria o Kwid Sedan, previsto para 2021.
Renault LBA: assim seria o Kwid Sedan, previsto para 2021.
Foto: Indian Autos Blog / Reprodução

O Renault Kwid vai ganhar uma carroceria sedã na Índia. A informação é do site Autos Blog, que fez até uma projeção de como seria o carro. Por enquanto, o Kwid Sedan tem o nome de LBA. O carro deve ser lançado em 2021 no mercado indiano e terá menos de 4 metros de comprimento.

A projeção mostra o próximo sedã com um design cheio de curvas e uma carroceria bastante compacta. A dianteira traz uma ampla grade de radiador em forma de V, que abriga o logotipo da Renault no meio. O sedã teria ainda faróis retangulares achatados, DRLs de LED em forma de L, entrada de ar mais proeminente e um para-choque não muito musculoso, com entradas de ar nas extremidades.

Visto de lateral, o Renault LBA é bastante simples. As rodas seriam de liga leve com 15” e cinco raios duplos. O Renault LBA seria baseado na mesma plataforma do Renault Triber e de um futuro Renault que tem o codinome HBC. O carro poderia ter duas opções de motor, ambas 1.0 de três cilindros: um seria aspirado a gasolina com 72 cv de potência; outro seria turbo a gasolina com 95 cv. 

Renault Kwid indiano: responsável por 60% das vendas da marca no país.
Renault Kwid indiano: responsável por 60% das vendas da marca no país.
Foto: Renault / Divulgação

São previstas duas opções de câmbio: manual de cinco marchas e automatizado de cinco marchas com embreagem simples. Segundo o site Autos Blog, é possível que a Renault ofereça uma opção CVT. O Kwid Sedan (ou LBA) poderia estar à venda no terceiro trimestre de 2021.

Assim como no Brasil, o Kwid é o Renault mais vendido na Índia. Porém, no mercado indiano (que é bem maior), o Kwid representa 60,1% das vendas da marca, que não possui nenhum sedã no portfólio. No Brasil, o Kwid lidera, mas apenas com 35,6%, e a Renault já tem o Logan. Portanto, o projeto não vem para o nosso mercado. Confira abaixo o mix de cada carro da Renault na Índia e no Brasil. As informações são do site Statista e da Fenabrave.

P. Índia

Vendas

2019

Mix

Renault

P. Brasil

Vendas

2019

Mix

Renault

1 Kwid 53.438 60,1% 1 Kwid 85.117 35,6%
2 Triber 24.142 27,2% 2 Sandero 50.303 21,0%
3 Duster 8.974 10,1% 3 Captur 28.660 12,0%
4 Captur 1.782 2,0% 4 Logan 27.003 11,3%
5 Lodgy 533 0,6% 5 Duster 26.090 10,9%
        6 Oroch 13.363 5,6%
        7 Master 8.466 3,5%
        8 Fluence 21 0,01%
        9 Kangoo 13 0,01%
  Total 88.869     Total 239.036  

Percebe-se pelo quadro acima que a Renault do Brasil é uma empresa mais sólida no mercado do que a Renault da Índia. A relevância da marca no mercado brasileiro é muito maior do que no mercado indiano. Quanto ao Renault Triber, que emprestará a plataforma para o Kwid Sedan, mede 3,990 m de comprimento, 1,739 m de largura e 1,643 mm de altura. Ele tem uma distância entre-eixos de 2,636 mm e um vão livre do solo de 182 mm. Trata-se de um monovolume de sete lugares com apenas 84 litros no porta-malas, mas o espaço para bagagem pode ser aumentado para 625 litros rebatendo os assentos da segunda e da terceira fileiras.

Interior do Renault Triber, que emprestará a plataforma para o Kwid Sedan.
Interior do Renault Triber, que emprestará a plataforma para o Kwid Sedan.
Foto: Renault / Divulgação

 

Veja também:

Honda Civic 1.5 turbo é um devorador de estrada
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade