PUBLICIDADE

Renault Arkana estreia na Europa e pode ser feito no Brasil

Renault Arkana chega ao mercado europeu com nova plataforma e versão híbrida de 145 cv. Conheça o SUV cupê e suas chances de ser nacional

28 jul 2021 14h10
ver comentários
Publicidade
Renault Arkana: SUV cupê pode ser produzido no Brasil.
Renault Arkana: SUV cupê pode ser produzido no Brasil.
Foto: Renault

Este é o novo Renault Arkana. Vendido desde 2018 na Rússia, o SUV cupê da Renault acaba de ser lançado no mercado europeu importado da Coreia do Sul. Apesar do design parecido, o Arkana vendido na Europa conta com uma série de novidades por dentro e por fora, com direito até mesmo à nova plataforma CMF-B e uma versão híbrida de 145 cv. O Renault Arkana também tem chances de ser produzido no Brasil nos próximos anos.

Por fora, o design do Renault Arkana chama bastante atenção. Na dianteira, o modelo segue a identidade visual da montadora francesa, com faróis full led com assinatura visual em forma de “C”, e a grade dianteira com destaque para o losango da Renault. O para-choque conta com grandes entradas de ar com molduras em colmeia e um aplique prateado. Na lateral, o Arkana traz apliques pretos nas caixas de roda, teto baixo e linhas musculosas nos para-lamas.

Renault Arkana conta com lanternas de led interligadas.
Renault Arkana conta com lanternas de led interligadas.
Foto: Renault

Na parte de trás, a carroceria cupê adota um caimento mais acentuado a partir da coluna B. A tampa do porta-malas conta com um ressalto parecido com um sedã, e traz um spoiler integrado. As lanternas de led contam com aspecto horizontal e são interligadas, fazendo um interessante efeito visual com o logotipo da Renault. O nome do modelo é posicionado de forma centralizada na tampa do porta-malas, e o para-choque abriga a placa.

Por dentro, o Renault Arkana europeu traz novidades em relação ao modelo vendido na Rússia. Além do acabamento mais refinado, o modelo traz como destaque a nova central multimídia vertical de até 9,3’’, que conta com suporte às funções Apple CarPlay e Android Auto. O painel de instrumentos também é digital, e pode ter tela de até 10,2’’ na versão topo de linha. O porta-malas oferece capacidade para 513 litros (480 na versão híbrida E-Tech).

Renault Arkana: painel digital de 10,2’’ e multimídia vertical.
Renault Arkana: painel digital de 10,2’’ e multimídia vertical.
Foto: Renault

Sob o capô, o Renault Arkana europeu conta apenas com duas opções de motor, ambas eletrificadas. Uma delas é a híbrida-leve equipada com o motor 1.3 TCe associado a um motor-gerador 12V e uma bateria de apenas 0,13 kWh, que oferece 140 cv e 260 Nm, sempre associado a um câmbio automatizado de dupla embreagem. Há ainda uma versão híbrida E-Tech, que conta com motor 1.6 e dois motores elétricos, que oferecem 145 cv de potência combinada.

Dentre os equipamentos, o Renault Arkana oferece desde a versão de entrada seis airbags, ar-condicionado automático, vidros elétricos dianteiros e traseiros, freios ABS, controles de estabilidade e tração, além de faróis de led, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, sistema de frenagem automática de emergência, reconhecimento de sinais de trânsito, aviso e assistente de manutenção de faixa.

Renault Arkana tem faróis de led com assinatura em “C”.
Renault Arkana tem faróis de led com assinatura em “C”.
Foto: Renault

Os preços do Renault Arkana na França começam em 31.200 euros (cerca de R$ 190.241) na versão de entrada Zen. Construído sobre a plataforma CMF-B, que será utilizada nos futuros SUVs nacionais da Renault, o Arkana tem chances de ser produzido no Brasil daqui a uns anos. A Renault analisa seu potencial para ser um forte concorrente dos modelos Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos na categoria de SUVs médios. Isso tudo com o diferencial da carroceria cupê, coisa que nenhum concorrente oferece no segmento. No Brasil, o Arkana seria posicionado acima do Renault Captur.

Novo Renault Captur: veja o que mudou com o turbo:

 

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade