PUBLICIDADE

Porsche e Volvo investem em fábricas de células de baterias

De olho no mercado de carros elétricos, Porsche (na Alemanha) e Volvo (na Suécia) anunciam investimentos em células de baterias

22 jun 2021 09h01
| atualizado às 09h06
ver comentários
Publicidade
Porsche Taycan: primeiro carro elétrico da marca alemã.
Porsche Taycan: primeiro carro elétrico da marca alemã.
Foto: Porsche / Divulgação

Praticamente no mesmo dia (21) duas montadoras europeias anunciaram diferentes investimentos em fábricas de células de baterias para carros elétricos. Na Alemanha, a iniciativa partiu da Porsche e envolve até o governo. Na Suécia, a Volvo criou uma joint venture com uma empresa especializada no setor. as duas montadoras estão muito focadas na liderança do mercado de carros elétricos. O objetivo desses movimentos é ter autonomia na produção, sem ficar muito dependente de fornecedores.

A iniciativa da Porsche
A Porsche está investindo um alto montante na nova empresa Cellforce. Dessa forma, o fabricante de carros esportivos está ampliando seu papel de liderança tecnológica no campo da mobilidade elétrica de alto desempenho. A Porsche e a parceira de joint venture Customcells anunciaram o lançamento da produção de células de bateria de alto desempenho no Centro de Desenvolvimento de Weissach.

“A célula de bateria é a câmara de combustão do futuro. Como uma nova subsidiária da Porsche, a Cellforce Group será fundamental para impulsionar a pesquisa, o desenvolvimento, a produção e as vendas de células de bateria de alto desempenho”, diz Oliver Blume, Presidente do Conselho Executivo da Porsche. “Esta joint venture nos permite nos posicionar à frente, na corrida mundial, pelo desenvolvimento da célula de bateria mais potente e torná-la o elo entre a experiência de direção inconfundível da Porsche e a sustentabilidade. É assim que moldamos o futuro do carro esportivo.”

O novo empreendimento, no qual a Porsche tem uma participação majoritária de 83,75%, tem sua sede em Tübingen. A cidade universitária também está na lista para a localização da fábrica de baterias, que deve ser situada nas proximidades do centro de pesquisa e desenvolvimento em Weissach e da sede da Porsche em Stuttgart. A meta de produção planejada para a planta é atingir uma capacidade anual mínima de 100 MWh. Isso é equivalente a baterias de alto desempenho para 1.000 veículos”, de acordo com Torge Thönnessen, CEO da Customcells.

Volvo XC40 Recharge Pure Electric: marca sueca é forte na eletrificação.
Volvo XC40 Recharge Pure Electric: marca sueca é forte na eletrificação.
Foto: Volvo / Divulgação

A iniciativa da Volvo
O Grupo Volvo Car pretende estabelecer uma joint venture com a empresa sueca líder de baterias, a Northvolt, para desenvolver e produzir baterias mais sustentáveis, feitas sob medida para alimentar a próxima geração de carros totalmente elétricos Volvo e Polestar.                                                                                                     

Como um primeiro passo para a joint venture 50/50, o Grupo Volvo Car e a Northvolt pretendem estabelecer um centro de pesquisa e desenvolvimento na Suécia que começará a operar em 2022. O objetivo do centro é aproveitar a experiência em baterias de ambas as empresas e desenvolver células de bateria de última geração e tecnologias de integração de veículos, desenvolvidas especificamente para uso em carros Volvo e Polestar.

A joint venture planejada também estabelecerá uma nova gigafábrica na Europa com capacidade potencial de até 50 gigawatts hora (GWh) por ano. A produção está programada para começar em 2026.

A parceria com a Northvolt é fundamental para a ambição da Volvo Cars de se tornar líder no segmento de carros elétricos premium e vender apenas veículos elétricos puros até 2030. Ela também representa um passo importante na expansão da competência de desenvolvimento interno do Grupo Volvo Car com parcerias com verdadeiros líderes em tecnologia.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade