0

Peugeot muda logotipo do leão e quer ser marca “atemporal”

Agora na Stellantis, Peugeot modifica seu logotipo pela 11ª vez e mantém o leão em destaque, porém só com a cabeça; entenda o significado

25 fev 2021
16h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Novo logotipo da Peugeot aplicado numa concessionária padrão: marca "atemporal".
Novo logotipo da Peugeot aplicado numa concessionária padrão: marca "atemporal".
Foto: Peugeot / Divulgação

A Peugeot apresentou nesta quinta-feira (25) seu novo logotipo. Esta é a 11ª vez que a tradicional marca francesa modifica sua logomarca. O leão, presente nas 10 versões anteriores, desde 1850, continua lá, porém apenas com a cabeça, ao invés do corpo todo. O novo logotipo foi criado pelo Peugeot Design Lab, o estúdio de design global da marca. A ideia é que o novo logotipo transmita a ideia de uma marca “atemporal”, que atravessa o tempo e fique acima das modinhas de ocasião.

O logotipo anterior havia sido lançado em 2010 e “precisava evoluir para coroar a subida de gama da marca”, segundo um comunicado. “Depois da renovação completa de seus veículos, iniciada há dez anos, a Peugeot renova seu logo para estar em sintonia com seus produtos.” O primeiro carro a receber o novo logotipo deve ser o novo Peugeot 308. 

Novo logotipo da Peugeot em versão branca.
Novo logotipo da Peugeot em versão branca.
Foto: Peugeot / Divulgação

Apesar de enfrentar dificuldades para crescer no Brasil, a Peugeot vive um grande momento na Europa. Alguns prêmios recebidos foram: “International Van of the Year” com os Peugeot e-Expert em 2021 e Partner em 2019, e três “Car Of The Year” ao longo do percurso (Peugeot 308, eleito em 2014; Peugeot 3008, eleito em 2017; Peugeot 208, eleito em 2020).

Agora com uma linha de produtos eletrificada, tanto de veículos de passeio quanto de utilitários, a Peugeot pretende se apresentar como “uma marca potente e instintiva, à imagem de seu emblema: o leão”. Segundo a Stellantis, o novo logotipo “representa o que foi a Peugeot ontem, o que é a Peugeot hoje e o que será a Peugeot amanhã”. 

Segundo a Peugeot, o novo logotipo com a cabeça do leão foi projetado para durar, por se tratar de um brasão que transmite “identidade, atemporal, universal e multicultural”. A Peugeot acredita que a nova marca está mais alinhada aos seus valores e à sua história , pois combina elementos históricos com a modernidade. Trata-se de um movimento interessante, pois, recentemente, empresas como a Volkswagen, a BMW e a GM adotaram logotipos com design futurista.

Novo logotipo da Peugeot em versão preta.
Novo logotipo da Peugeot em versão preta.
Foto: Peugeot / Divulgação

A Peugeot acredita que “viver a experiência do agora” faz parte do novo paradigma. Nesse sentido, ele comunga com grandes filósofos da contemporaneidade, como Zygmunt Bauman e Marc Augé. “Em um mundo cada vez mais acelerado, o tempo tornou-se um bem raro e precioso”, diz o comunicado. “ Nesse mundo, a Peugeot oferece a quem o desejar a possibilidade de desfrutar verdadeiramente do momento presente e aproveitar plenamente o que ele tem a oferecer.”

A Peugeot acredita que, para além disso, as pessoas podem “ viver uma experiência global de qualidade”. Assim, os carros, as concessionárias, produtos derivados, websites, comunicações, sinalização e todos os pontos de contato com a marca “estarão organizados e harmonizados em torno de um sistema único, coerente e transversal”. O website da Peugeot, por exemplo, passa a ser uma concessionária online. 

As concessionárias tradicionais, por sua vez, devem proporcionar aos clientes uma experiência mais “humana, visual e pedagógica”. É difícil saber até que nível essa nova Peugeot estará disponível para os clientes brasileiros. Afinal, os desafios do Brasil são quase de reconstrução da marca e não de seguir no embalo de anos de sucesso. Em 2020, a Peugeot ficou em 13º lugar no ranking brasileiro, com 13.477 carros vendidos. 

Veja também:

Volkswagen Taos, o terror do Compass, está pronto!
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade