0

Jeep Wrangler Rubicon 392 tem V8 e acelera como esportivo

Jeep Wrangler mais capaz e poderoso da história tem potente motor 6.4 V8 de 470 cv e 637 Nm de torque; vai de 0 a 96 km/h em 4,5 segundos

17 nov 2020
15h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Novo Jeep Wrangler Rubicon 392 combina lendária capacidade 4x4 com motor V8 de 470 cv.
Novo Jeep Wrangler Rubicon 392 combina lendária capacidade 4x4 com motor V8 de 470 cv.
Foto: FCA / Divulgação

A Jeep está lançando o Wrangler Rubicon 392 com motor V8. O carro conta com um potente motor de 6.4 V8 de 470 cv de potência e 632 Nm de torque. O nome 392 refere-se à cilindrada 6.4 em polegadas cúbicas. Acoplado a uma ágil transmissão TorqueFlite de 8 velocidades e a uma caixa de transferência permanente. 

O powertrain impulsiona o Wrangler Rubicon 392 de 0 a 96 km/h em 4,5 segundos. Ele percorre 400 metros em 13 segundos. A combinação vem com garantia de fábrica. A nova versão estará à venda no mercado norte-americano no primeiro trimestre de 2021.

Fora do asfalto, a mecânica do Wrangler Rubicon 392 se complementa com eixos Dana 44 para trabalho pesado, raio da transmissão de 3,73, bloqueio do conversor de torque, kit de elevação de 5 cm e pneus de série de 33” com rodas de 17” com beadlock. O resultado é o Jeep Wrangler mais capaz da história graças aos seus 26 cm de altura livre do solo, uma articulação da suspensão e manobrabilidade melhoradas, ângulos de aproximação, central e de saída de 44,5°, 22,6° e 37,5°, respectivamente.

A incorporação de um motor de 6,4 litros marca a volta de um V8 da linha Wrangler como opção de fábrica após 40 anos de ausência. O motor V8 utiliza um bloco de cilindros em ferro fundido e cabeçotes de alumínio.

A entrada de ar funcional no capô proporciona ar externo frio e mais denso ao motor, aumentando o rendimento. Os engenheiros da Jeep se asseguraram que o V8 receba ar fresco sem importar o terreno nem o clima usando a tecnologia Hydro-Guide, formada por um sistema de tubos em três níveis com várias drenagens. Um ponto de drenagem localizado na caixa de ar permite desalojar mais de 56 litros de água por minuto. O Rubicon 392 tem capacidade de imersão de até 83 cm de profundidade, inclusive se ondas passarem por cima do capô.

O powertrain do Jeep Wrangler Rubicon transmite potência e torque para as quatro rodas em todo momento. Seu coração é uma caixa de transferência ativa de duas velocidades Selec-Trac com uma relação redutora de 2.72:1 e quatro modos de direção selecionáveis: 4WD Auto, 4WD High, Neutral e 4WD Low.

Wrangler Rubicon 392 tem transmissão automática TorqueFlite de 8 velocidades com paddle shift de alumínio.
Wrangler Rubicon 392 tem transmissão automática TorqueFlite de 8 velocidades com paddle shift de alumínio.
Foto: FCA / Divulgação

O chassi do Jeep Wrangler Rubicon 392 teve os trilhos do quadro melhorados. A aptidão off-road do Rubicon 392 é determinada pela grande distância entre eixos (Dana 44 de seção mais grossa) e seus diferenciais de bloqueio eletrônico Tru-Lok. A barra estabilizadora eletrônica dianteira permite maximizar o percurso da suspensão em qualquer situação e enfrentar as condições off-road mais exigentes. O Rubicon 392 vem ainda com amortecedores Fox de alto rendimento.

O kit de elevação de fábrica de 5 cm realça a sua personalidade e a sua presença. O Rubicon 392 incorpora vários detalhes na cor bronze para destacar que se trata do Wrangler mais poderoso da história, como no emblema “Rubicon” no capô, nas capas dos ganchos de reboque dianteiros e traseiros e no contorno do emblema “Fox Schocks” dos amortecedores.

O capô elevado em 40 mm lhe dá uma aparência agressiva e sua entrada de ar completamente funcional lhe proporciona tanto ar para refrigerar o motor quanto maior capacidade de carga. Conta também com um emblema “392” nas laterais para lembrar de que se trata do motor com maior cilindrada (6.4) já oferecido em um Jeep Wrangler. As rodas em bronze com beadlock tem medidas 17x7.5” e podem incorporar beadlock preto opcional da Mopar.

O quadro de instrumentos recebe uma nova numeração e novo design. Pela primeira vez na história do Jeep Wrangler, o volante de couro esportivo conta com paddle shift. A multimídia Uconnect 8,4” conta com páginas Off-Road da Jeep, que permitem ao condutor monitorar a oscilação, o balanceamento, a altitude, as coordenadas GPS e a distribuição da força.

O Jeep Wrangler Rubicon 392 está disponível em nove cores: Preto, Branco Brilhante, Vermelho Firecracker, Granito Crystal (metálica), Laranja Punk ’n (metálica), Verde Sarge (metálica), Granada Snazzberry (metálica), Cinza Sting (metálica) e Prata Billet (metálica). O interior é preto. A Jeep não informou se o Rubicon 392 será vendido no Brasil.

 

Veja também:

Arrizo 6, o sedã chinês que conquista pelo conforto
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade