0

GM alcança marca de 17 milhões de carros feitos no Brasil

Com três fábricas no país, General Motors comemorou marco no dia em que completou 96 anos do início das operações no Brasil

27 jan 2021
09h49
atualizado às 09h50
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Primeiro carro de passeio fabricado pela Chevrolet no Brasil foi o Opala, lançado em 1968.
Primeiro carro de passeio fabricado pela Chevrolet no Brasil foi o Opala, lançado em 1968.
Foto: GM / Divulgação

Após 96 anos de operação no Brasil, a Chevrolet alcançou uma marca expressiva.  Nesta terça (26), a General Motors (GM) anunciou que ultrapassou o número de 17 milhões de carros produzidos localmente. Com três fábricas, localizadas em São Caetano do Sul (SP), São José dos Campos (SP) e Gravataí (RS), o Brasil é o segundo maior mercado da marca no mundo, atrás somente dos Estados Unidos, terra natal da Chevrolet. De acordo com a Fenabrave, em 2020 a marca emplacou 305.239 unidades, uma fatia que representa 18,89% das vendas do setor.

A General Motors chegou ao Brasil há 96 anos, no dia 26 de janeiro de 1925, e se instalou no bairro do Ipiranga, na capital paulista. Um mês depois do início das operações da marca, teve início a produção de um furgão para entregas urbanas, que foi lançado em setembro do mesmo ano. Dois anos depois, a marca já havia produzido 25 mil unidades, e começou a construir a fábrica em São Caetano do Sul (SP), que ainda está em operação e abriga a sede da Chevrolet no país.

Fábrica de São Caetano do Sul (SP) é a mais antiga ainda em operação no Brasil, e produz os modelos Tracker, Spin, Joy, Joy Plus e Montana.
Fábrica de São Caetano do Sul (SP) é a mais antiga ainda em operação no Brasil, e produz os modelos Tracker, Spin, Joy, Joy Plus e Montana.
Foto: GM / Divulgação

Nos anos 50, a GM começou a expandir as atividades no país. Em 1953, o grupo adquiriu um terreno em São José dos Campos, onde três anos depois seria construída uma fábrica, que começou a funcionar em 1959. Na época, a planta industrial produzia apenas motores e peças para os caminhões Chevrolet Brasil, picapes e camionetes Chevrolet Amazonas.

Primeiro modelo montado pela marca no Brasil foi um furgão de entregas urbanas, em 1925.
Primeiro modelo montado pela marca no Brasil foi um furgão de entregas urbanas, em 1925.
Foto: GM / Divulgação

Somente no fim dos anos 60 é que surgiu o primeiro carro de passageiros. Em 1968, a Chevrolet começou a produzir o Opala, que ajudou a montadora a ultrapassar a marca de meio milhão de unidades produzidas no Brasil. Em 1973, por sua vez, a Chevrolet lançou o Chevette, modelo menor e mais barato do que o Opala.

Nos anos 50, a Chevrolet produziu somente camionetes e caminhões no Brasil.
Nos anos 50, a Chevrolet produziu somente camionetes e caminhões no Brasil.
Foto: GM / Divulgação

Durante os anos seguintes, a marca produziu modelos inesquecíveis como o Monza -- modelo médio que liderou as vendas no mercado brasileiro, de 1984 a 1986, o Kadett, e os próprios Opala e Chevette, que foram fabricados até meados dos anos 90. Este último, ultrapassou o número de 1,6 milhão de unidades fabricadas.

Em 1936, a Chevrolet montou o seu milésimo carro na fábrica de São Caetano do Sul. Antes disso, a marca já montava outros modelos no bairro do Ipiranga, em São Paulo (SP).
Em 1936, a Chevrolet montou o seu milésimo carro na fábrica de São Caetano do Sul. Antes disso, a marca já montava outros modelos no bairro do Ipiranga, em São Paulo (SP).
Foto: GM / Divulgação

Com a abertura do mercado brasileiro nos anos 90, a Chevrolet passou a oferecer modelos mais alinhados à Europa, como o Vectra, o Corsa e o Astra -- que inicialmente era importado da Bélgica, e depois ganhou produção nacional. No entanto, somente em 2000 surgiu a terceira fábrica do grupo GM no Brasil.

Lançado cinco anos depois do Opala, o Chevette foi produzido até 1993 e ultrapassou a marca de mais de 1,6 milhão de unidades
Lançado cinco anos depois do Opala, o Chevette foi produzido até 1993 e ultrapassou a marca de mais de 1,6 milhão de unidades
Foto: GM / Divulgação

Localizada em Gravataí (RS), a fábrica foi construída para produzir o Celta, e posteriormente passou a montar os carros compactos da Chevrolet. Em 2012, a planta passou a produzir também o Onix, que desde 2015 é o líder de vendas no mercado brasileiro, ano em que o grupo comemorou a marca de 15 milhões de carros feitos no Brasil.

Picape S10 e o SUV Trailblazer são os únicos modelos fabricados na planta de São José dos Campos (SP).
Picape S10 e o SUV Trailblazer são os únicos modelos fabricados na planta de São José dos Campos (SP).
Foto: GM / Divulgação

Recentemente, após outra reforma e ampliação, a fábrica gaúcha passou a produzir a segunda geração do Onix, em versões hatch e sedan (Plus). Além disso, a planta de São Caetano do Sul (SP) -- que é a mais antiga ainda em operação no Brasil -- iniciou a fabricação da nova geração do Tracker, SUV compacto da marca. 

Desde 2019 a fábrica de Gravataí (RS) produz a segunda geração do Onix, em versões hatch e sedan (Plus).
Desde 2019 a fábrica de Gravataí (RS) produz a segunda geração do Onix, em versões hatch e sedan (Plus).
Foto: GM / Divulgação

E para os próximos anos, a Chevrolet anunciou uma retomada de investimentos no país, com um aporte de R$ 10 bilhões, que será destinado às fábricas da marca em São Paulo (São Caetano do Sul e São José dos Campos). Delas devem sair as novas gerações da S10 e do Trailblazer, além de outros modelos inéditos, como um provável substituto para o Spin e para a Montana.

Nova geração do Tracker é produzida desde 2020 na fábrica de São Caetano do Sul (SP).
Nova geração do Tracker é produzida desde 2020 na fábrica de São Caetano do Sul (SP).
Foto: GM / Divulgação

Veja também:

Novo Nissan Kicks 2022 dá um salto de qualidade
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade