PUBLICIDADE

Esportivo elétrico da Volks tem dois motores e 299 cv

Volkswagen ID.4 GTX é um SUV esportivo oferece autonomia de 480 km com uma carga; Brasil pode receber o carro no futuro

28 abr 2021
17h37 atualizado em 29/4/2021 às 16h31
0comentários
17h37 atualizado em 29/4/2021 às 16h31
Publicidade

A Volkswagen revelou nesta quarta (28) o novo ID.4 GTX. O novo SUV elétrico é o primeiro modelo da linha GTX de esportivos zero emissão, que foi oficializada recentemente pela marca alemã. O ID.4 GTX traz visual esportivo e é equipado com dois motores elétricos, um em cada eixo. Juntos, eles oferecem potência combinada de 299 cv e tração integral para o SUV.

Ao contrário das demais versões do Volkswagen ID.4 -- que contam apenas com um motor elétrico no eixo traseiro -- o modelo GTX é equipado com dois motores. O conjunto é o mesmo que estreou no Audi Q4 e-tron, e oferece 299 cv e 460 Nm de torque. De acordo com a Volkswagen, o ID.4 GTX acelera de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos e atinge uma velocidade máxima de 180 km/h. Já a autonomia é de 480 km.

Mesmo oferecendo dois motores, em grande parte do tempo o ID.4 GTX é impulsionado apenas pelo motor traseiro. O dianteiro só entra em ação quando o SUV perde tração ou quando o motorista pisa mais fundo no acelerador. Nesses casos, o motor é acionado de forma inteligente e praticamente instantânea. 

O ID.4 GTX conta com cinco modos de condução: Eco, Comfort, Individual, Sportl e Traction, com destaque para os dois últimos. A configuração Sport oferece uma direção progressiva mais direta, e rebaixa a suspensão em 15 mm, contribuindo para uma condução mais esportiva. Já o Traction mantém a tração integral sempre ativa, sendo ideal para trechos off-road. 

Além das mudanças na motorização, o novo ID.4 GTX também teve alterações visuais. Os para-choques são novos, e contam com detalhes pintados na cor da carroceria, assim como os retrovisores e acabamentos externos. As luzes diurnas, faróis e lanternas são de led, e as rodas de 20’’ têm design inédito. Por fim, há emblemas GTX na lateral e na traseira, e a pintura da carroceria é em dois tons, com o teto e spoiler na cor preta.

Na parte interna, o ID.4 GTX também conta com a maior parte dos acabamentos na cor preta. No entanto, a parte superior do console e o aplique de couro das portas traz revestimento na cor azul e costuras em vermelho. O painel de instrumentos digital traz tela de 5,3’’, e a central multimídia de 10’’ conta com os recursos Apple CarPlay e Android Auto.

Entre os itens de série do ID.4 GTX, estão bancos de couro com costuras vermelhas e emblema GTX, volante de couro aquecido, iluminação ambiente de 30 cores e assistência de frenagem de emergência. Como opcional, o SUV pode ser equipado com uma central multimídia de 12’’, tela de realidade aumentada, câmeras 360º, rodas de 21’’, controle de cruzeiro adaptativo e sistemas de assistência ao condutor.

Equipado com um sistema de baterias de 77 kWh, o ID.4 GTX pode ser recarregado de forma rápida em corrente contínua de até 125 kW, que oferece 300 km de autonomia extra em 30 minutos, de acordo com a Volkswagen. De série, o modelo inclui um carregador de bordo para corrente alternada de 11 kW. 

Previsto para chegar ao mercado europeu no terceiro trimestre deste ano, o ID.4 GTX é o primeiro modelo da linha GTX, que será uma espécie de grife GTI para esportivos elétricos da Volkswagen. No continente europeu, o SUV esportivo deverá custar em torno de 50 mil euros (R$ 325 mil).

Outro país que deve receber o novo ID.4 GTX é os EUA, com vendas iniciando até o fim de 2021. Já o Brasil vive a expectativa de receber o ID.4 convencional, que será o primeiro elétrico da Volkswagen vendido no país. O SUV, no entanto, ainda não tem data para chegar ao mercado brasileiro. Se o ID.4 convencional virá, é possível que o ID.4 GTX também esteja no radar da Volkswagen do Brasil.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade