PUBLICIDADE

Startup mexicana de carros usados Kavak chega ao Brasil com investimento de R$ 2,5 bi

O grupo inicia atividades com 2,5 mil veículos com até 10 anos de uso em estoque

27 jul 2021 13h58
ver comentários
Publicidade

A Kavak, empresa mexicana da área de compra e venda de automóveis seminovos e usados online, vai investir R$ 2,5 bilhões em suas operações no Brasil, anunciadas oficialmente nesta terça-feira, 27. O grupo inicia atividades com 2,5 mil veículos com até 10 anos de uso em estoque, seis lojas em São Paulo e 500 funcionários.

Criada há cinco anos no México, a plataforma se tornou a primeira empresa unicórnio no país, a Kavak tem operações também na Argentina e estuda expansão para outros países.

"Somos líderes no mercado de carros usados e seminovos na América Latina e o Brasil será nossa maior operação", informa Roger Laughlin, um dos fundadores da empresa e presidente da filial brasileira, cuja ambição é liderar esse segmento que movimenta cerca de 10 milhões de transações ao ano e mais de R$ 600 bilhões ao ano.

Segundo ele, o investimento "inicial" do grupo vem principalmente de recursos obtidos em captações de R$ 485 milhões em abril. Com esse recurso, a Kavak quer ampliar sua infraestrutura, atualmente de 300 mil m² para 1 milhão de m² até o fim de 2022, quando projeta ter 100 mil carros em inventário e mil funcionários e vendas de 50 mil unidades.

"Estamos prontos para oferecer uma solução revolucionária para todas as transações de carros seminovos e usados, em uma indústria profundamente descentralizada e fragmentada", diz Laughlin.

Segundo ele, o modelo de negócio no Brasil seguirá o mesmo do México, em que o dono de um carro em boas condições pode vendê-lo para a Kavak, com orçamento feito em cerca de dois minutos pelo site. A Kavak faz a vistoria de 240 itens e estudo documental do veículo, e formaliza a proposta de compra.

Após a compra, a empresa tem oficina própria e recondiciona completamente o automóvel antes de colocá-lo à venda no site. O comprador pode fazer o financiamento na mesma plataforma, o carro tem dois anos de garantia e a empresa também oferece manutenção e facilita a documentação com um representante de cartório no próprio hub da empresa.

"Até hoje, comprar um carro usado era um processo complicado e desanimador. Oferecemos um serviço simples, transparente e confiável e amigo do cliente. A garantia de dois anos, período inédito nesse mercado, reforça nosso modelo de negócio", acrescenta Laughlin.

Estadão
Publicidade
Publicidade