PUBLICIDADE

Amazon prevê desaceleração na receita em estreia de Andy Jassy como CEO

Os papéis da companhia caíram quase 7% após o fechamento do mercado, na Bolsa dos EUA

29 jul 2021 18h48
| atualizado às 18h52
ver comentários
Publicidade

Após a saída de Jeff Bezos do comando da Amazon, a estreia do novo presidente executivo, Andy Jassy, é acompanhada de freios no crescimento. Em balanço financeiro divulgado nesta quinta-feira, 29, a varejista registrou receita de US$ 113,1 bilhões no trimestre encerrado em junho, abaixo da expectativa de analistas, que era de US$115,2 bilhões, em média. A empresa também sinalizou que esse valor deve cair nos próximos meses - a Amazon afirma que a queda se deve à comparação ano a ano com os resultados conquistados em 2020 em meio às restrições impostas pela pandemia, que provocaram um boom no comércio eletrônico.

Apesar de ter decepcionado investidores, a receita da companhia teve crescimento de 27% no trimestre, em relação ao mesmo período do ano anterior - é o terceiro trimestre consecutivo que a varejista ultrapassa faturamento de US$ 100 bilhões. A Amazon também registrou lucro líquido de US$ 7,8 bilhões, ante US$ 5,2 bilhões em 2020.

O resultado motivou uma queda de quase 7% nos papéis da empresa após o fechamento do mercado, na Bolsa dos EUA. A empresa, até então, estava a apenas US$ 170 bilhões de atingir a marca de US$ 2 trilhões em valor de mercado.

A Amazon afirmou que, no próximo trimestre, espera registrar receita entre US$ 106 bilhões e US$ 112 bilhões. É um número menor na comparação com o segundo trimestre, mas continua sendo um crescimento de 10% a 16% ante 2020. Em meados de maio do ano passado, a empresa viu as taxas de crescimento chegarem a 45%.

O serviço de nuvem da Amazon teve aumento de receita em 37% no segundo trimestre - de janeiro a março, o crescimento havia sido de 32%. Com isso, a receita do Amazon Web Services chegou a US$ 14,8 bilhões no trimestre, superando a expectativa de analistas, que era de US$ 14,2 bilhões.

Novo CEO

Jeff Bezos, fundador da Amazon, deixou o comando da empresa em 5 de julho - duas semanas depois, o bilionário se aventurou em uma viagem espacial a bordo de um foguete da Blue Origin, sua empresa de exploração espacial. Foi aí que assumiu o novo presidente executivo da companhia, Andy Jassy, até então diretor da divisão de nuvem da Amazon.

Em um comunicado nesta terça, Jassy agradeceu aos funcionários da Amazon pelo trabalho durante a pandemia. "Estou muito animado para trabalhar com vocês enquanto inventamos e construímos o futuro", disse.

Estadão
Publicidade
Publicidade