PUBLICIDADE

Sobrevivente da tragédia leva 200 pontos na cabeça

Isabel Martins da Costa estava na hora em que a rocha desabou em Capitólio

10 jan 2022 12h53
| atualizado às 13h12
ver comentários
Publicidade

Isabel Martins da Costa estava na hora do acidente no Lago de Furnas, em Capitólio, no sábado, 8, quando uma rocha caiu no cânion e vitimou 10 pessoas confirmadas pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Ela teve que levar 200 pontos na cabeça.

Isabel Martins da Costa sobreviveu a tragédia em Capitólio Reprodução TV Globo
Isabel Martins da Costa sobreviveu a tragédia em Capitólio Reprodução TV Globo
Foto: Reprodução / TV Globo

"É um alívio mesmo, uma sensação de pertencimento, das pessoas te esperando, todo mundo se importando", disse ao ’Fantástico’,

Isabel estava com a sua irmã, Ana Costa, e outros familiares em um passeio de lancha. "Eu lembro que vi a rocha caindo, vindo uma onda preta em cima do barco. A gente afundou, mergulhou e nessa hora eu falei: 'eu vou morrer'", desabafou Ana.

Oito das 10 vítimas fatais da tragédia de Capitólio (MG) foram identificadas, segundo informações da Polícia Civil do Estado. São elas:

- Júlio Borges Antunes, 68, natural de Alpinópolis (MG);

- Camila Silva Machado, 18 anos, de Paulínia (SP);

- Sebastião Teixeira da Silva, 64, de Anhumas (SP);

- Marlene Augusta Teixeira da Silva, 57, de Itaú de Minas (MG);

- Mykon Douglas de Osti, 24, de natural de Campinas (SP);

- Geovany Teixeira da Silva, 37 anos, natural de Itaú de Minas (MG);

- Geovany Gabriel Oliveira da Silva, 14 anos, natural de Alfenas (MG);

- Thiago Teixeira da Silva Nascimento, 35 anos, natural Passos (MG);

- Rodrigo Alves dos Anjos, piloto da lancha, 40 anos, nascido em Betim (MG);

O corpo de uma mulher de 43 anos, natural de Cajamar (SP), ainda aguarda a identificação no IML de Passos, em Minas Gerais.

 

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade