PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Projeto coleta sementes de árvores para produção de novas mudas em Porto Alegre

O projeto selecionou 60 espécies nativas do Rio Grande do Sul e catalogou 189 árvores

18 abr 2024 - 10h43
(atualizado às 11h01)
Compartilhar
Exibir comentários

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smamus) está catalogando árvores mães em diversas regiões de Porto Alegre. O projeto selecionou 60 espécies nativas do Rio Grande do Sul e catalogou 189 árvores. O objetivo é coletar sementes de plantas saudáveis para produzir mudas que serão plantadas em áreas públicas.

Foto: Sérgio Louruz/SMAMUS / Porto Alegre 24 horas

Desenvolvido pela Coordenação de Arborização Urbana da Smamus, o trabalho consiste em identificar e mapear árvores saudáveis e de espécies ameaçadas de extinção, poucos produzidas em viveiros comerciais. Após selecionar as espécies aptas, os técnicos coletam as sementes que são levadas ao Viveiro Municipal, onde são produzidas mudas que posteriormente irão para praças, parques e vias públicas do município.

"Ao coletarmos sementes de árvores que já estão adaptadas às condições climáticas da cidade, conseguimos capturar também cerca de 60% dessa genética para que as novas mudas sejam tão adaptáveis quanto as matrizes", explica o coordenador do Viveiro Municipal, Rogério Schmidt. As sementes são coletadas de plantas desenvolvidas em diferentes condições climáticas e de solo, o que irá possibilitar, a longo prazo, a realização de estudos de genética e adaptabilidade das árvores urbanas.

Viveiro Municipal - O local foi totalmente revitalizado em 2023, recebendo novas estruturas físicas de apoio e produção vegetal, reforma do prédio administrativo, capatazia, galpões de ferramentas e equipamentos, depósito e passeios conectando os locais. Da área de 3,5 hectares, 2,5 hectares são destinados à produção de mudas nativas naturais de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul - vegetação arbórea, arbustiva e herbácea, valorizando a flora local e conservando o patrimônio natural da cidade.

*Com a informação PMPA

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade