PUBLICIDADE

São Paulo e Mato Grosso do Sul em alerta para temporais

Grandes volumes de chuva foram observados ontem nos dois estados, com mais de 100 mm/24h em alguns locais.

5 dez 2023 - 03h50
Compartilhar
Exibir comentários

São Paulo e Mato Grosso do Sul tiveram muita chuva nesta segunda-feira, com acumulados de 60 a 100 mm. Em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, choveu cerca da metade da média normal de chuva para dezembro em 24 horas. Em Jarinu, no interior paulista, choveu cerca de 100 mm em 3 horas, quase a metade da média para dezembro.

O ar continua abafado e úmido nos dois estados nesta terça-feira e mais pancadas de chuva são esperadas, principalmente à tarde e à noite. A situação é de alerta para temporais em todo o Mato Grosso do Sul e no interior paulista. Mas a Grande São Paulo também pode ter chuva forte.

Foto: Climatempo

Alerta para temporais em SP e em MS (Foto: São Paulo (SP), por Aleff Matos

Campo Grande acumula mais de 100 mm em 24h

Fortes pancadas de chuva caíram por várias horas em áreas de Mato Grosso do Sul, na manhã e no começo da tarde desta segunda-feira, 4 de dezembro de 2023. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 108,2 mm em Campo Grande, entre 14h do dia 3/12 e 14h de 4/12 (BRT). Cerca da metade desta chuva, 57 mm, caiu entre 9h e 14h desta segunda-feira. A média de chuva normal para Campo Grande em dezembro é de 206 mm. Então, em apenas 24h choveu um pouco mais do que a metade da média de chuva para este mês. 

A chuva caiu forte também sobre a região de Jardim, onde o Inmet registrou 99 mm acumulados apenas entre 3h da madrugada e meio-dia da segunda-feira, 4/12, pelo horário de Brasília. 

Choveu forte também na reserva Nhumirim, com acumulado de 80,6 mm entre 7h e 14h (Brasília). Metade da chuva, cerca de 49 mm, caiu em apenas  1 hora.

Outro local de Mato Grosso do Sul que teve chuva forte foi Sidrolândia. O Inmet registrou 78,0 mm acumulados entre 14h do domingo, 3/12, e 14h desta segunda-feira,4/12. 

A região de Sonora acumulou 53,6 mm e, 4 horas de chuva nesta segunda-feira, mas a maior parte da chuva, 35 mm, caiu em 1 horas, entre entre 13h e 14h (Brasília)

Grandes volumes de chuva em SP

Com o calor e a umidade do ar elevada, nuvens bastante carregadas cresceram sobre várias regiões do estado de São Paulo e provocaram chuva forte na segunda-feira, 4 de dezembro.  

Na tarde e noite da segunda-feira, a chuva foi particularmente forte entre a região da Grande São Paulo, Campinas e Sorocaba.

Dos locais onde se tem medição regular da precipitação, a chuva mais volumosa ocorreu sobre Jarinu, onde o Cemaden registrou 104,8 mm em apenas 3 horas, entre 20h e 23h. No mesmo período choveu 72mm na região de Jundiaí, mas o acumulado em 6 horas foi de 92,8 mm

Em Cajamar, também no período de 3 horas, entre 20h e 23h, choveu 47,2 mm, em Várzea Paulista 41,7 mm, em Pedra Bela, 45,8 mm.

Já no fim da noite da segunda-feira, a região de Ourinhos teve chuva forte e acumulou 40,2 mm em 3 horas, entre 21h e meia-noite

Já enfraquecidas, parte destas áreas de chuva avançaram sobre a Grande São Paulo provocando a chuva da noite da segunda-feira, que refrescou o ar.

Climatempo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade