PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Paciente de implante cerebral da Neuralink, de Elon Musk, apresenta complicações

Segundo informações da companhia, alguns fios que conectam o chip ao órgão de Noland Arbaugh se retraíram, dificultando a comunicação entre o cérebro e o implante

12 mai 2024 - 12h00
Compartilhar
Exibir comentários

O primeiro paciente do implante da Neuralink, empresa de Elon Musk, apresentou complicações semanas após realizar a operação. Segundo informações da companhia, alguns fios que conectam o chip ao órgão de Noland Arbaugh se retraíram, dificultando a comunicação entre o cérebro e o implante. O problema prejudica a velocidade e eficácia de medir parâmetros do sistema com precisão.

Noland Arbaugh, primeiro paciente da Neuralink
Noland Arbaugh, primeiro paciente da Neuralink
Foto: Neuralink / Perfil Brasil

A Neuralink comunicou que, em esforços para contornar o problema, modificou o algoritmo para melhorar a gravação e tradução dos dados enviados pelos neurônios.

O que faz o implante da Neuralink?

Em suma, a Neuralink concebeu o dispositivo do chip cerebral para diversas aplicações que vão desde a restauração da funcionalidade motora até a viabilização de uma interface cérebro-computador.

A empresa desenvolveu um dispositivo do tamanho de uma moeda para implantá-lo cirurgicamente no crânio. Com fios ultrafinos conectados ao cérebro, ele cria uma interface cérebro-computador. Esse disco registra a atividade cerebral e faz essa transmissão para um dispositivo, como um smartphone, por meio de uma conexão Bluetooth.

Ao implantar o chip na área cerebral responsável pela função motora, a empresa argumenta que isso possibilitaria a superação de distúrbios neurológicos que impossibilitam a movimentação. Nesse sentido, o bilionário indicou que os primeiros usuários seriam aqueles que perderam a capacidade de utilizar seus membros.

No final de janeiro deste ano, a empresa anunciou seu primeiro teste em um ser humano. Tetraplégico desde 2016, Noland Arbaugh conseguiu mover cursores apenas com as sinapses de seu cérebro. "O progresso é bom, e o paciente parece ter se recuperado totalmente, com efeitos neurais dos quais estamos cientes. O paciente é capaz de mover um mouse pela tela apenas pensando", declarou Elon Musk em bate-papo por voz no X Spaces, ferramenta da plataforma X.

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade