PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

OT ajuda com processos, dispositivos e infraestrutura

Sete em cada dez empresas de OT planejam implementar a segurança de OT no âmbito do diretor de segurança da informação (CISO) no próximo ano, diz pesquisa; Cristiano Oliveira, VP da Brasiline, explica o que é OT, seus principais componentes e como é realizada sua segurança

18 abr 2024 - 14h03
Compartilhar
Exibir comentários

Uma pesquisa recente sobre OT (Operational Technology, em inglês - TO, ou Tecnologia da Informação, em tradução livre), indicou que 70% das organizações de OT planejam implementar a segurança de OT no âmbito do diretor de segurança da informação no próximo ano. Além disso, o levantamento indicou que 62% dos orçamentos de segurança de OT registraram crescimento. Tais dados, dessa maneira, reforçam a relevância do assunto no meio corporativo nos dias atuais. 

Foto: Brasiline via iStock / DINO

"OT refere-se ao uso de hardware e software para monitorar e controlar processos físicos, dispositivos e infraestrutura", explica Cristiano Oliveira, VP da Brasiline. Segundo ele, a ferramenta é amplamente utilizada em uma variedade de setores intensivos em ativos, incluindo manufatura, petróleo e gás, geração e distribuição elétrica, aviação, marítima, ferroviária e serviços públicos.

"Em resumo, a OT está presente em praticamente todas as indústrias que dependem de processos físicos e infraestrutura crítica para operar", afirma. 

De acordo com o especialista, os principais componentes da OT incluem os ICS (Sistemas de Controle Industrial), como os sistemas de SCADA (Supervisory Control and Data Acquisition) e os DCS (Sistemas de Controle Distribuído), bem como dispositivos de IoT (Internet das Coisas) Industrial, como sensores, monitores, atuadores, controladores lógicos programáveis (PLC), entre outros.

"A segurança da OT é fundamental devido à sua importância crítica nos processos e operações das empresas", observa Oliveira.

Ele ressalta que, para garantir sua segurança, é essencial adotar práticas e tecnologias robustas - o que inclui a implementação de soluções de segurança específicas para proteger pessoas, ativos e informações, bem como monitorar e controlar dispositivos físicos, processos e eventos.

"Algumas medidas de segurança comuns incluem: identificação de ativos, segmentação de rede, análise de tráfego, garantir acesso seguro e monitoramento contínuo", explica.

"Ao selecionar fornecedores de segurança de OT, é importante buscar soluções que atendam a esses requisitos e ofereçam integração e visibilidade abrangentes para proteger efetivamente as redes de OT e TI convergentes", conclui o VP da Brasiline Tecnologia.

Para mais informações, basta acessar: brasiline.com.br ou seguir @brasilinetecnologia

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade