PUBLICIDADE

Vídeos mostram momento da queda de avião na China

Imagens foram divulgadas pela agência Reuters e obtidas pela TV estatal chinesa CCTV

21 mar 2022 - 11h51
(atualizado às 14h16)
Ver comentários
Publicidade
Vídeos mostram momento da queda de avião na China:

Vídeos mostram o momento da queda do avião da China Eastern Airlines que transportava 132 pessoas nesta segunda-feira, 21. As imagens foram divulgadas pela agência Reuters e obtidas pela TV estatal chinesa CCTV.

Nas imagens, feitas a cerca de 6 quilômetros do local da queda, é possível observar que o avião cai de bico em direção ao solo de forma forma extremamente rápida. Em outra imagem, capturada pela câmera de um veículo, a cena se repete.

737-800 tinha 132 pessoas a bordo.
737-800 tinha 132 pessoas a bordo.
Foto: Reuters

A queda do avião da Boeing, modelo, 737-800, em uma região montanhosa, quando fazia o trajeto entre as cidades de Kunming e Guangzhou, causou um grande incêndio no local.

Ainda não há informações oficiais sobre número de vítimas. Equipes de resgate estão trabalhando no local. O Terra entrou em contato com o Itamaraty para saber se tinham brasileiros a bordo do avião, mas ainda não recebeu retorno. 

O voo MU5735, que havia decolado às 13h15 (horário local da China, 02h15, horário de Brasília), caiu na região de Guangxi (no sul do país). A viagem estava programada para durar uma hora e quarenta minutos, em que a aeronave, com quase sete anos, teria que percorrer os 1.357 quilômetros que separam Kunming de Cantão.

De acordo com dados do portal de rastreamento de voos FlightRadar24, o avião estava voando às 14h19 (horário local) a uma altitude de 29.100 pés (8.870 metros) quando começou a declinar, cerca de 55 quilômetros a oeste da cidade de Wuzhou.

O último ponto de contato do voo, segundo a imprensa chinesa, estava cerca de 25 quilômetros a sudoeste de Wuzhou, a uma altitude de 3.225 pés (989 metros), às 14h22, que significaria que em apenas três minutos o veículo desceu quase 8.000 metros.

O acidente pode se tornar um dos piores desastres aéreos da China em quase duas décadas, após uma sucessão de acidentes fatais na década de 1990. Nas últimas duas décadas, o país estabeleceu um recorde de voo relativamente seguro, graças a uma frota jovem de aviões e controles aéreos mais rígidos.

De acordo com a Aviation Safety Network, o último acidente fatal com jato na China foi em 2010, quando 44 das 96 pessoas a bordo morreram quando um jato regional Embraer E-190 da Henan Airlines caiu na aproximação ao aeroporto de Yichun em baixa visibilidade.

* Com informações da Reuters e EFE

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade