1 evento ao vivo

Trump propõe muro de aço para tentar consenso com democratas

Presidente dos Estados Unidos disse que não desistirá da ideia da construção da barreira na fronteira com o México, uma promessa de campanha

7 jan 2019
07h20
atualizado às 08h12
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu no domingo não desistir de sua exigência de um muro na fronteira com o México e afirmou que o projeto pode ser feito de aço em vez de concreto como um possível meio-termo com os democratas que se recusam a financiar o projeto.

As declarações de Trump foram dadas no início da terceira semana de paralisação parcial do governo norte-americano como resultado da disputa que deixou centenas de milhares de funcionários federais parados ou sem salários.

Presidente dos EUA, Donald Trump, concede entrevista ao retornar de Camp David para a Casa Branca 06/01/2019 REUTERS/Joshua Roberts
Presidente dos EUA, Donald Trump, concede entrevista ao retornar de Camp David para a Casa Branca 06/01/2019 REUTERS/Joshua Roberts
Foto: Reuters

Trump ameaçou de novo, sem dar detalhes sobre de onde sairia o dinheiro, declarar situação de emergência nacional como uma alternativa para construir o muro, dependendo do resultado das negociações nos próximos dias.

Os democratas se recusaram a aprovar os 5,6 bilhões de dólares que Trump quer para cumprir a promessa de campanha de conter a imigração ilegal com a construção de um muro na fronteira.

Liderados pela presidente da Câmara, Nancy Pelosi, os democratas aprovaram um projeto de lei na Casa na semana passada para reabrir o governo sem o financiamento para o muro. Pelosi chamou o muro na fronteira de imoral.

"Essa é uma batalha muito importante para vencer do ponto de vista de segurança, número um, definindo nosso país e quem somos", disse Trump a repórteres na Casa Branca antes de partir para o retiro presidencial em Camp David.

"A barreira, ou muro, pode ser de aço em vez de concreto, se isso ajudar as pessoas. Pode ser melhor", disse.

A Casa Branca descreveu essa oferta, que Trump já havia indicado anteriormente, como uma reconciliação.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade