PUBLICIDADE

Rússia envia 2 aviões com auxílio contra a Covid-19 para Cuba

24 jul 2021 15h53
ver comentários
Publicidade

A Rússia enviou um carregamento de auxílio humanitário relacionado ao coronavírus para Cuba, incluindo 1 milhão de máscaras médicas, disse o Ministério da Defesa russo neste sábado, acrescentando que o presidente Vladimir Putin havia dado instruções para o envio de ajuda.

Pessoas caminham em rua de Havana em meio a aumento de casos de Covid-19 em Cuba
15/06/2021
REUTERS/Alexandre Meneghini
Pessoas caminham em rua de Havana em meio a aumento de casos de Covid-19 em Cuba 15/06/2021 REUTERS/Alexandre Meneghini
Foto: Reuters

Cuba, que manteve baixas infecções de coronavírus ano passado, registrou no começo desta semana a maior taxa de contágio per capita na América Latina, o que sobrecarregou o setor de saúde e ajudou a motivar raros protestos antigoverno no começo deste mês na ilha comandada por comunistas.

Dois aviões militares carregando 88 toneladas de auxílio --incluindo comida e equipamentos de proteção pessoal, como 1 milhão de máscaras médicas-- partiram de um campo aéreo perto de Moscou no sábado, afirmou o Ministério da Defesa em um comunicado.

"Por instruções do comandante-em-chefe supremo das Forças Armadas da Federação Russa, Vladimir Putin, a aeronave de transporte militar está levando auxílio humanitário à República de Cuba", disse o ministério.

O ministério não mencionou os Estados Unidos, mas ao auxiliar sua aliada de longa data, a Rússia também pode estar querendo se posicionar contra o governo norte-americano.

Com uma população de 11 milhões de pessoas, Cuba relatou quase 4.000 casos confirmados de coronavírus por cada milhão de habitantes na última semana, nove vezes mais do que a média mundial, em um surto alimentado pela chegada da variante contagiosa Delta à ilha.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade