PUBLICIDADE

Presidente da Ucrânia denuncia tentativa de golpe de Estado

Zelensky disse estar preparado para escalada militar com Rússia

26 nov 2021 12h41
| atualizado às 12h51
ver comentários
Publicidade

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, revelou nesta sexta-feira (26) que um golpe de Estado estaria sendo preparado para o dia 1º de dezembro.

Zelensky durante a coletiva de imprensa em Kiev
Zelensky durante a coletiva de imprensa em Kiev
Foto: EPA / Ansa - Brasil

Em coletiva de imprensa, o presidente não deu maiores detalhes sobre o suposto golpe, mas comentou que o plano teria o envolvimento de pessoas na Rússia e do magnata ucraniano Rinat Akhmetov.

"Existem grandes desafios no seio do nosso país que foram registrados pelas agências de inteligência de outras nações. Em particular, recebi a informação de que um golpe vai acontecer em nosso país no dia 1º de dezembro", declarou Zelensky.

No entanto, o chefe de Estado ucraniano deixou claro que não acredita que a tentativa de golpe vai dar certo e descartou a hipótese de fugir do país.

Zelensky ainda confirmou que a Ucrânia está preparada para enfrentar uma possível escalada militar com a Rússia, acusada de mobilizar tropas perto da fronteira entre os dois países.

"Há uma ameaça hoje de que pode acontecer uma guerra. Estamos totalmente preparados para uma escalada", disse o presidente ucraniano.

Por sua vez, Jens Stoltenberg, secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), alertou que a Rússia "deve reduzir as tensões" com a Ucrânia.

"O aumento da movimentação militar da Rússia perto da Ucrânia inclui tanques, artilharias, drones e sistemas de guerra eletrônica. Isso é desmotivador e inexplicável, porque o aumento da tensão gera o risco de julgamentos errados. Se a Rússia usar a força contra a Ucrânia, terá custos e também consequências", disse Stoltenberg. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade