PUBLICIDADE

Presidente afegão fugiu para evitar "derramamento de sangue"

Ghani saiu do Afeganistão no momento em que o Taliban ocupava a capital, Cabul, invadindo o palácio presidencial, localizado na cidade

15 ago 2021 16h13
| atualizado às 16h25
ver comentários
Publicidade
Foto de arquivo do presidente afegão Ashraf Ghani
Foto de arquivo do presidente afegão Ashraf Ghani
Foto: Reuters

O presidente afegão Ashraf Ghani disse neste domingo, 15, que deixou o país para evitar derramamento de sangue,

Ghani saiu do Afeganistão no momento em que o Taliban ocupava a capital, Cabul, invadindo o palácio presidencial, localizado na cidade.

Ghani acrescentou que saiu do país para evitar confrontos com o Taliban, que colocariam em perigo milhões de residentes de Cabul. As afirmações foram feitas em um post no Facebook, em seus primeiros comentários após deixar o Afeganistão.

O presidente não fez qualquer menção ou revelou detalhes sobre sua localização atual.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade