0

Prefeito quer reabrir jazigo de Mussolini ao público

Segundo ele, a medida pode "incentivar o turismo"

24 jul 2019
09h49
atualizado às 10h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O prefeito de Predappio, Roberto Canali, deseja reabrir ao público de maneira permanente o jazigo onde está sepultado o ditador fascista Benito Mussolini (1883-1945).

Benito Mussolini está sepultado em Predappio, na Itália
Benito Mussolini está sepultado em Predappio, na Itália
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Segundo Canali, eleito em maio passado com o apoio da ultranacionalista Liga, partido do ministro do Interior Matteo Salvini, e do Força Itália (FI), legenda de Silvo Berlusconi, a medida pode "incentivar o turismo" na cidade.

Predappio é a terra natal de Mussolini, e militantes neofascistas costumam se reunir anualmente no jazigo para celebrar a data de nascimento do ditador: 29 de julho de 1883. Desta vez, no entanto, os herdeiros estudam abrir o local ao público de forma permanente.

"Com a colaboração do prefeito de Predappio, Roberto Canali, estamos tentando restabelecer uma reabertura fixa", diz uma nota assinada por Rachele Mussolini, neta do líder fascista e vereadora em Roma.

Os herdeiros de Mussolini há anos tentam chegar a um acordo sobre a reabertura do jazigo e agora parecem perto de uma definição. "Nós nos reunimos e em breve comunicaremos nossa decisão", disse recentemente a ex-eurodeputada e ex-senadora Alessandra Mussolini, também neta do ditador.

Já o prefeito Canali acredita que o jazigo represente um "fator importante para o turismo". "Quando ele estava aberto de modo permanente, sempre havia um vai e vem de pessoas que hoje faz falta", declarou.

Veja também:

O que o muro de Trump diz sobre a eleição dos EUA
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade