PUBLICIDADE

Mundo

Piloto que tentou 'derrubar' avião nos EUA consumiu cogumelos psicodélicos: "Não me sentia bem"

Caso ocorreu no domingo, 22; Joseph D. Emerson foi preso sob a acusação de 83 tentativas de homicídio e de colocar um avião em perigo

24 out 2023 - 19h27
Compartilhar
Exibir comentários
Joseph D. Emerson, 44 anos, um piloto profissional da companhia Alaska Airlines
Joseph D. Emerson, 44 anos, um piloto profissional da companhia Alaska Airlines
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O homem acusado de tentar derrubar o avião em que estava revelou que consumiu cogumelos psicodélicos antes de embarcar. 

Joseph D. Emerson, 44 anos, um piloto profissional que não estava em serviço, admitiu às autoridades norte-americanas que tentou desligar os motores do avião durante um “colapso nervoso” na cabine, acrescentando que se sentia desidratado e cansado e não dormia há 40 horas. Ele também revelou que havia consumido cogumelos mágicos antes de embarcar. 

“Não me sentia bem. Parecia que os pilotos não estavam prestando atenção ao que estava acontecendo", explicou. Ele também relatou que acreditava estar sonhando, e que puxou as hastes que ativam o mecanismo de emergência porque essa seria uma forma de acordar. 

O caso ocorreu no domingo, 22, durante um voo da Alaska Airlines. Emerson foi preso sob a acusação de 83 tentativas de homicídio e de colocar um avião em perigo.

O homem, que também trabalha na companhia, viajava no assento auxiliar da cabine de comando. Em um momento, Emerson tentou desligar os motores e alegou que 'não se sentia bem'. Ele precisou ser subjugado pela tripulação e removido da cabine de controle.

A aeronave, que viajava com destino para São Francisco, desviou a rota para Portland, no Oregon. 

Com informações do TMZ.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade