PUBLICIDADE

Mundo

Piloto declara emergência durante voo da Air France por suspeita de rato a bordo

Voo com destino ao Congo precisou retornar ao aeroporto de Paris

16 nov 2023 - 14h02
(atualizado às 16h05)
Compartilhar
Exibir comentários
Voo da Air France retornou após duas horas da decolagem por suspeita de rato a bordo
Voo da Air France retornou após duas horas da decolagem por suspeita de rato a bordo
Foto: Reprodução

Um voo da Air France com destino ao Congo precisou retornar a Paris, na França, depois da decolagem. O motivo? A suspeita de que havia um rato a bordo da aeronave.

O caso aconteceu na segunda-feira, 13. Na ocasião, o piloto declarou emergência no Boeing 777, que tinha 323 pessoas a bordo, além de duas crianças. 

O pouso foi realizado com segurança no Aeroporto Charles de Gaulle, algumas horas depois da decolagem. As informações foram divulgadas pelo site de notícias da aviação, Air Live.

A emergência foi identificada depois de duas horas de voo, quando o avião já estava sobrevoando o Norte da África. O retorno foi autorizado e os pilotos fizeram uma curva de 180 graus, conforme mostram sites de rastreamento de voos.

A medida foi tomada por precaução, depois da suspeita de que um rato vivo estaria a bordo. Se confirmada, a presença do roedor poderia comprometer a segurança e a tranquilidade dos passageiros.

Depois de quase cinco horas, os passageiros que retornaram a Paris foram realocados em uma nova aeronave para seguir com a viagem.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade