PUBLICIDADE

Papa interrompe beijo de fiel na mão para atender celular

Pontífice atendeu uma ligação de telefone no final da audiência geral no Salão Nervi, no Vaticano

22 dez 2021 15h15
| atualizado às 16h31
ver comentários
Publicidade

O papa Francisco realizou nesta quarta-feira (22) um novo gesto incomum e interrompeu o ritual do "beijo na mão" no final da audiência geral no Salão Nervi, no Vaticano, para atender um telefonema.

Papa Francisco atende o celular nesta quarta-feira no final da audiência geral no Salão Nervi, no Vaticano
Papa Francisco atende o celular nesta quarta-feira no final da audiência geral no Salão Nervi, no Vaticano
Foto: Massimo Valicchia/NurPhoto / Reuters

Na verdade, Jorge Bergoglio pediu desculpas a um religioso que estava na fila para cumprimentá-lo enquanto recebia seu celular para atender uma chamada.

Esta não é a primeira vez que isso acontece. No último dia 11 de agosto, o Pontífice atendeu uma ligação de telefone na parte final de sua audiência semanal com fiéis no Vaticano.

Na ocasião, o líder da Igreja Católica ainda estava no palco da Sala Paulo VI, local do evento, quando foi abordado por um assistente que lhe entregou um celular. Após começar a conversar com a pessoa do outro lado da linha, Francisco sinalizou para a multidão que voltaria em breve e saiu do auditório.
   
Questionado sobre o assunto, o Vaticano respondeu apenas que se tratava de uma ligação "privada" e que, portanto, nada poderia comunicar sobre o assunto.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade