PUBLICIDADE

Ocidente age como "macaco com uma granada" ante muçulmanos, diz Rússia

27 ago 2013 12h37
| atualizado às 13h42
ver comentários
Publicidade

O vice-primeiro-ministro russo, Dmitri Rogozin, acusou o Ocidente de agir "como um macaco com uma granada na mão" em relação ao mundo muçulmano, num momento em que os Estados Unidos e várias capitais europeias avaliam uma intervenção militar na Síria.

"O Ocidente se comporta com o mundo muçulmano como um macaco com uma granada", escreveu no Twitter o encarregado do complexo militar-industrial russo.

Além disso, uma fonte militar russa disse nesta terça-feira que uma possível intervenção ocidental na Síria não representará uma vitória fácil, já que o país contra com sistemas de defesa antiaérea capazes de responder aos ataques.

"Se o Exército americano, junto com a Otan, lançar uma operação contra a Síria, não será uma vitória fácil", declarou a fonte à agência de notícias russa Interfax. "Os sistemas de mísseis multifuncionais terra-ar Buk-M2E e os outros meios de defesa antiaérea do Exército sírio vão garantir uma resposta apropriada aos agressores", acrescentou. A Síria conta atualmente com 10 baterias desses sistemas multifuncionais, disse ainda.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade