6 eventos ao vivo

Obama fecha campanha pela reeleição com maratona de 2 mil km

5 nov 2012
17h19
atualizado às 18h16

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, encerra nesta terça-feira sua campanha por um segundo mandato na Casa Branca com uma maratona de mais de 2 mil km. Faltando menos de 24 horas para o dia oficial do pleito que disputa com o republicano Mitt Romney, Obama visita cidades de três Estados-chave da campanha e encerra a peregrinação em Chicago, seu berço político, depois da meia-noite de hoje.

Barack Obama discursa em frente ao Capitólio estadual de Wisconsin, em Madison
Barack Obama discursa em frente ao Capitólio estadual de Wisconsin, em Madison
Foto: AP

Especiais
Entenda o funcionamento do processo eleitoral americano
Acompanhe as pesquisas nos Swing States, os Estados decisivos
Nesta eleição, o assunto é a economia; entenda


Especial traz reportagens dos bastiões democratas e republicanos

Veja como foram os debates presidenciais

Perfis dos candidatos
Barack Obama: do sonho do idealismo ao esforço do realismo
Romney e os republicanos: entre o favoritismo e o ceticismo

O périplo do democrata, que se encontra virtualmente empatado nas intenções populares de voto após uma forte recuperação do rival republicano, teve início na manhã de hoje em Madison (Wisconsin). "Amanhã, vocês têm uma escolha a fazer. É a escolha entre duas visões acerca dos Estados Unidos. A escolha entre voltar à políticas que levaram nossa economia à falência ou um futuro que é construído dando oportunidade a todos e por uma classe média forte e crescente", discursou o presidente.

Obama ainda passa hoje por Columbus (Ohio) e por Des Moines (Iowa). Todos estes três Estados na agenda derradeira de Obama estão entre os chamados Swing States - as unidades federativas cujo voto varia entre os candidatos republicano e democrata e exercem, assim, um peso especial na campanha pelos delegados que elegem o novo presidente nos EUA. As últimas pesquisas indicam Wisconsin, Ohio e Iowa devem pender para o lado democrata neste ano.

Após estas três paradas, Obama chega depois da meia-noite a Chicago (Illinois), onde o presidente deve manter agenda amanhã, 6 de novembro, dia oficial das eleições.

Americanos vão às urnas
Os americanos escolhem nesta terça-feira seu presidente. O atual mandatário, o democrata Barack Obama, disputa a preferência dos eleitores com o republicano Mitt Romney. Diferente do Brasil, as eleições americanas são indiretas. O candidato mais votado em cada Estado leva todos os seus delegados. No fim, o candidato com maior número de delegados - e não de votos - sai vencedor. O Terra, maior empresa latino-americana de mídia digital, faz a cobertura completa das eleições presidenciais nos EUA e acompanha a apuração de votos em tempo real.

Fonte: Terra
publicidade