2 eventos ao vivo

Influente parlamentar russo considera inaceitável entregar Snowden aos EUA

30 jun 2013
10h07

Um influente parlamentar russo afirmou que seria "moralmente inaceitável" entregar a Washington o ex-consultor de inteligência americano Edward Snowden, que revelou programas dos Estados Unidos para espionar ligações telefônicas e comunicações pela internet.

Alexei Pushkov, que preside comissão de assuntos internacionais da Duma, a câmara baixa do Parlamento russo, afirmou que não se deve entregar Snowden aos Estados Unidos.

"Não é um tema de utilidade (de Snowden para a Rússia), é um tema de princípios", afirmou.

"Entregar um refugiado político é algo moralmente inaceitável", completou.

Neste domingo, o Kremlin minimizou o fato de Snowden estar morando no aeroporto de Moscou.

O porta-voz do presidente russo, Vladimir Putin, declarou à rádio Eco que "o assunto não está na agenda do Kremlin".

"Como não é um assunto nosso, não sei quais as opçõe para que a situação evolua nem conheço os aspectos legais ou de outra índole em tudo isto", disse o porta-voz, Dmitri Peskov.

"Não podemos ficar à margem, temos que participar na solução do caso", declarou o senador Valeri Shnyakin, vice-presidente da comissão de assuntos internacionais do Senado.

"Temos que calcular as repercussões negativas em nossas relações com os americanos. Para isto precisamos de algum tipo de negociação e de encontros", completou.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade