6 eventos ao vivo

Australiana é queimada por ciúmes e usa máscara por 2 anos

Vulin estava em seu apartamento, na cidade de Perth, oeste da Austrália, em 16 de fevereiro de 2012 quando foi vítima de um ataque por ciúmes

6 out 2014
13h51
atualizado às 13h52
  • separator
  • 0
  • comentários

Dana Vulin, 28 anos, é uma australiana que passou dois anos usando uma roupa e uma máscara por causa de sérias queimaduras que sofreu após um ataque de outra mulher, que estava com ciúmes do marido. Depois de tanto tempo se "escondendo" do mundo, ela decidiu mostrar seu novo rosto que, apesar de deformado, mostra a "nova Dana" em quem se transformou, segundo ela. As informações são do The Mirror.

Dana foi atacada por uma mulher enciumada e teve a maior parte de seu corpo queimada
Dana foi atacada por uma mulher enciumada e teve a maior parte de seu corpo queimada
Foto: The Mirror / Reprodução

Na última semana, Vulin falou com a mídia local sobre sua história e disse estar orgulhosa de seu corpo e recuperação. Ela contou que teria conhecido o marido de Natalie Dimitrovska no réveillon anterior ao ataque e que, por isso, a mulher, enciumada, acabou cometendo o crime e quase causou sua morte. Na época do incidente, a australiana era estudante universitária.

Vulin estava em seu apartamento, na cidade de Perth, oeste da Austrália, em 16 de fevereiro de 2012 quando foi vítima do ataque. A criminosa, na época, disse que "destruiria seu rosto bonito". Hoje, a vítima diz que espera que todos enxerguem a mulher lutadora e autoconfiante em que se tornou. 

Após confessar ter cometido o crime, Dimitrovska foi presa. 

Violência contra mulher Mutilação genital, apedrejamento e morte; saiba mais sobre a violência contra a mulher

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade