PUBLICIDADE

Mortos pelas chuvas na Índia e no Nepal sobem para quase 200

Afetados pelas tempestades foram vítimas do clima cada vez mais imprevisível e extremo que atinge a região sul do continente

21 out 2021 07h59
| atualizado às 08h10
ver comentários
Publicidade
Equipes resgatam vítimas das enchentes em cidade da Índia
Equipes resgatam vítimas das enchentes em cidade da Índia
Foto: Reuters

O número de mortos nas enchentes e deslizamentos de terra que estão afetando a Índia e o Nepal subiu para quase 200, informaram as autoridades dos dois países asiáticos nesta quinta-feira, 21.

De acordo com especialistas, as pessoas afetadas pelas tempestades foram vítimas do clima cada vez mais imprevisível e extremo que atinge a região sul do continente. Eles explicam que a alteração foi causada pelas mudanças climáticas, pois nesta época do ano não costumava chover nas duas localidades.

O Nepal registrou 88 mortos ao longo da noite, entre eles uma família de seis pessoas, que teve sua residência completamente destruída por um deslizamento. A Índia, por sua vez, confirmou 55 óbitos em Uttarakhand, no norte da nação.

Assim como no vizinho Nepal, cinco pessoas da mesma família tiveram sua casa soterrada por um grande deslizamento de terra e não conseguiram sobreviver. Diversas pontes e estradas foram danificadas, com várias cidades permanecendo isoladas.

Para piorar a situação, milhares de pessoas nos dois países asiáticos estão no momento sem energia elétrica.

O serviço meteorológico da Índia alertou sobre fortes chuvas em ao menos três distritos de Kerala, no sul da nação, onde 42 pessoas faleceram desde a semana passada. O mau tempo deu uma trégua nos últimos dias, mas deverá retornar.

Entre outras localidades, os especialistas emitiram um alerta vermelho para Darjeeling, Kalimpong e Alipurdur, indicando que os três municípios indianos podem sofrer ao longo desta quinta com tempestades.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade