PUBLICIDADE

Incêndio na Sicília causa evacuação e fecha aeroporto em Catânia

Calor intenso e ventos fortes estão dificultando trabalho dos bombeiros

30 jul 2021 16h16
| atualizado às 16h31
ver comentários
Publicidade

Um vasto incêndio atingiu nesta sexta-feira (30) a região da Sicília, no sul da Itália, e provocou a evacuação de dezenas de moradores e o fechamento do aeroporto internacional de Catânia.

As autoridades locais tentam controlar as chamas, mas elas estão resistentes devido ao intenso calor, com temperaturas de quase 40º graus, e ao sufocante vento.

A área mais afetada é a do distrito de Fossa Creta, onde várias famílias foram obrigadas a abandonar suas casas. Uma intensa nuvem de fumaça foi registrada na região e o tráfego e acesso a algumas estradas foram bloqueados.

Outras residências na via Palermo também foram atingidas e evacuadas. A Defesa Civil, bombeiros e helicópteros foram acionados e equipes de reforços estão chegando em Catânia de outras regiões da Sicília. As operações de voos do aeroporto de Catânia chegaram a ser suspensas para permitir a intervenção dos helicópteros do corpo de bombeiros, mas já voltaram a funcionar.

O chefe da Defesa Civil, Salvo Cocina, suspendeu as férias dos funcionários do departamento e pediu para todos voltarem ao trabalho devido ao incêndio em várias províncias sicilianas.

Segundo as autoridades, o fogo ainda destruiu o estabelecimento balneário Le Capannine, na orla marítima de Plaia. Além disso, pelo menos seis pedidos de socorro foram feitos em Acireale e Giarre, e outros 15 focos de incêndios foram registrados na área entre Paternò, Ragalna e Biancavilla e 14 em Calatino.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade